Cross soccer: futebol é aliado ao treino funcional

Modalidade criada pelo ex-técnico Renato Domingos, une a prática esportiva e exercícios funcionais, e ganha adeptos de todas as idades

por Lilian Monteiro 17/02/2016 09:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Edésio Ferreira/EM/D.A Press
Dividida em circuitos, a atividade tem foco na agilidade, força e velocidade e mescla fundamentos de um jogo, com exercícios de passe e condução da bola (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Mineiro, louco por futebol, ex-atacante, camisa 9, daqueles fominhas, ex-técnico, Renato Domingos, de 35 anos, educador físico e coach esportivo, revela que desenvolveu método inédito de treinamento com a modalidade cross soccer, que alia exercício físico funcional com movimentos do futebol. A atividade já é moda entre os peladeiros de Belo Horizonte e desperta cada vez mais o interesse de quem não bate um bolão. Mas tudo bem, ele garante que todos são bem-vindos e capazes de manter a forma se divertindo.

Renato conta que há cross soccer no Paraná, mas seu método é exclusivo.“A forma do meu treino é ímpar e eu a criei. São aulas de uma hora dividas em circuitos. O primeiro é funcional e focamos a agilidade, força e velocidade com o uso de algumas ferramentas como peso, cama elástica e cinta de tração. Em seguida, aplicamos os fundamentos do futebol com exercícios de passe, condução de bola, finalização, domínio e pequenos jogos. Tudo respeitando a individualidade de cada aluno e com grupos de pessoas com condicionamento bem próximo para não exceder até porque futebol mexe com competição e disputa”, diz.

No cross soccer, Renato enfatiza que o condicionamento é muito bom, já que pelo tipo de treino o sistema cardiovascular é bem exigido. “E há ganho de força muscular, velocidade e agilidade. Os peladeiros elogiam porque desenvolvem melhor sua capacidade na hora do jogo, e quem não pratica futebol gosta pelo dinamismo e por se exercitar de maneira divertida. Na aula, os adultos viram crianças.”

Edésio Ferreira/EM/D.A Press
O educador físico Renato Domingos diz ter criado o treino para quem quer manter a forma se divertindo (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

O educador físico garante que mesmo quem não gosta ou domina o futebol pode fazer o cross soccer e se apaixonar. “Além dos benefícios para o corpo e a saúde, o treino proporciona a socialização. Criam-se laços de amizade e você aumenta o seu networking. De repente, alguém precisa de um advogado e lembra do colega do cross soccer. E garanto que mesmo quem não sabe nada de futebol vai desenvolver habilidades. Mulheres, crianças e idosos, todos vão aprender se divertindo. A bola é uma ferramenta a mais e, caso ela passe por debaixo da perna de alguém, é tudo levado numa boa. Sem falar que o treino é ao ar livre, nada de ambiente fechado, o que é ainda melhor.”

CALORIAS
O treinador conta que fez a medição do gasto calórico da aula de uma hora e constatou a queima de 600 calorias. Ele explica que montou dois tipos de treinamento. “Tem o personalizado, em que o aluno escolhe o lugar da aula. E o conjunto, que é coletivo e dado no Recanto da Pampulha, no Bairro Jardim Atlântico, onde ocorre o campeonato de futebol society sub-7.” Para quem ficou curioso, ele diz que é possível fazer uma aula experimental. “Sempre o primeiro treino é experimental. Ocorre todas as segundas e quartas-feiras, às 20h, na praça do Bairro Santa Amélia, na Avenida Deputado Anuar Menhem, e aos sábados, às 9h. As aulas são dadas pelo educador físico Gustavo Ribeiro.” Para contato, envie um e-mail: crosssoccertreinamento@gmail.com.

Renato enfatiza que a base dos exercícios são a variação e o dinamismo que eles proporcionam. “O treino é evidenciado ainda pela cooperação, parceria e trabalho em grupo. Tanto que criamos grupos por meio de avaliação física para que eles sejam homogêneos. Assim, o treinamento é o mais próximo do que seria uma aula personalizada”, acrescenta. O cross soccer chega para ser mais uma opção para quem busca qualidade de vida e sabe o quanto é importante mexer o corpo e ter uma atividade física prazerosa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA