Governo dos Estados Unidos confirma três casos de zika na Flórida

Vírus pode provocar febre, erupção cutânea com pontos brancos ou vermelhos e, às vezes, dores musculares e articulares

por Agência Brasil 20/01/2016 09:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
O Departamento de Saúde do estado da Flórida, Sul dos Estados Unidos, confirmou nesta terça-feira (19/01) que três pessoas foram diagnosticadas com o vírus zika no país.

Dois casos foram registrados no condado de Miami-Dade, com pacientes que estiveram na Colômbia em dezembro. O terceiro ocorreu no litoral Oeste do estado, com uma pessoa que esteve na Venezuela no mês passado.

O vírus zika é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo hospedeiro da dengue. A doença não é mortal, mas representa uma ameaça para as mulheres grávidas no começo da gestação. Estudos associam o vírus a casos de microcefalia.

O vírus pode provocar febre, erupção cutânea com pontos brancos ou vermelhos e, às vezes, dores musculares e articulares.

O vírus detectado nos Estados Unidos já havia sido encontrado no Brasil, Colômbia, El Salvador, Barbados, Guatemala, Guiana Francesa, Honduras, Martinica, México, Paraguai, San Martín, Suriname e Venezuela.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA