Cientistas dos EUA estão em Recife para investigar casos de microcefalia

Ministério da Saúde foi notificado pelo Instituto Evandro Chagas sobre duas mortes relacionados ao zika

por Diário de Pernambuco 01/12/2015 12:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Uma equipe de pesquisadores do Centro de Controle de Doenças (CDC, do inglês Centers for Disease Control and Prevention), dos Estados Unidos, já está no Brasil para ajudar na investigação dos casos de microcefalia. Desse grupo, dois cientistas virão ao Recife, mas ainda sem data confirmada de chegada. Os norte-americanos estão no país a convite do governo brasileiro.

De acordo com a Agência Estado, eles vão ajudar na análise dos mecanismos que levaram à epidemia e participar de discussões com pesquisadores brasileiros sobre a capacidade do zika vírus de matar. O Ministério da Saúde foi notificado pelo Instituto Evandro Chagas sobre duas mortes relacionados ao zika. As análises indicaram que o vírus pode ter contribuído para agravamento dos casos e levado aos óbitos.

Segundo o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, dois pesquisadores dos Estados Unidos farão levantamentos na capital pernambucana.

“Assim que tivemos conhecimento dos casos, informamos à OMS (Organização Mundial da Saúde) e solicitamos apoio internacional na investigação, pois sabemos que o vírus não vai se concentrar apenas na América do Sul”, afirmou.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA