Ebola já matou 11 mil pessoas

Na Guiné, 2.386 pessoas morreram da doença. Serra Leoa registrou 3.903 mortes, e a Libéria outras 4.716

por AFP - Agence France-Presse 07/05/2015 10:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / SEYLLOU BINANI
Trabalhadores usando roupas de proteção em centro de tratamento (foto: AFP PHOTO / SEYLLOU BINANI )
O balanço da epidemia da febre hemorrágica ebola na África Ocidental ultrapassou a marca de 11 mil mortes, segundo números divulgados nesta quarta-feira (06/05) pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No total, nos três países mais atingidos pela epidemia - Libéria, Guiné e Serra Leoa - 26.593 pessoas foram afetadas pelo vírus. De acordo com o relatório da OMS, 11.005 morreram em decorrência da febre.

O surto de ebola na África Ocidental, o mais grave desde a identificação do vírus na África Central em 1976, começou em dezembro de 2013 no sul da Guiné antes de chegar a Libéria e Serra Leoa. A OMS declarou tratar-se de uma "emergência de saúde pública global" apenas em agosto de 2014.

Na Guiné, 2.386 pessoas morreram da doença. Serra Leoa registrou 3.903 mortes, e a Libéria outras 4.716.

Embora a marca de 11.000 mortos - número claramente subdimensionado, segundo a própria OMS - tenha sido alcançada, o fim da epidemia na Libéria deve ser declarado neste sábado pela organização.

Além disso, Guiné e Serra Leoa registraram apenas nove casos novos na semana passada, o nível mais baixo em quase um ano. Números "animadores" segundo a OMS, que no entanto ainda pede vigilância.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA