Chocolate antirrugas criado por cientistas chega ao mercado inglês em março

Para manter a pele jovem, o chamado Esthechoc eleva os níveis de antioxidantes, favorece a circulação do sangue e evita rugas

por Mirelle Pinheiro 23/02/2015 10:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Internet
(foto: Reprodução Internet)
Comer chocolate vai deixar de ser motivo de arrependimentos, se depender dos (nobres) esforços dos pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Para alegria dos chocólatras, os cientistas desenvolveram um chocolate que promete diminuir a flacidez da pele e retardar o aparecimento de rugas.

Para manter a pele jovem, o chocolate batizado de Esthechoc eleva os níveis de antioxidantes, favorece a circulação do sangue e evita rugas. Para exemplificar, os pesquisadores contaram que 7,5 gramas do chocolate contêm a mesma quantidade de antioxidante que um filé de salmão e apenas 38 calorias – mesmo valor encontrado em uma maçã.

O milagroso produto promete rejuvenescer a pele de um idoso em até 20 ou 30 anos. Para obter o resultado, basta consumir o chocolate todos os dias durante quatro semanas, segundo os testes feitos com voluntários. Com poucas calorias, os diabéticos também podem fazer o tratamento. O preço ainda não foi divulgado, mas o doce deve chegar às lojas inglesas em março.

Reprodução Internet
(foto: Reprodução Internet)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA