10% das pessoas terão fascite plantar em algum momento da vida; você sabe o que é?

A falta de alongamento e de exercícios regulares está relacionada a uma dolorosa síndrome degenerativa nos pés

por Renata Rusky 21/01/2015 15:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Não é fácil o trabalho de sustentar nosso corpo todo. Nós corremos, pulamos, dançamos e nossos pés estão firmes e fortes, aguentando todo o peso. É por essas e por outras que estudos indicam que 10% das pessoas terão a chamada fascite plantar em algum momento da vida. O problema é tão frequente que o diagnóstico representa cerca de 80% dos casos de dor no calcanhar.

Um dos motivos da incidência elevada é que cuidamos da pele do rosto, malhamos braço, perna, bunda, mas esquecemos de dar a atenção devida àqueles que suportam toda a nossa massa corporal. Gestos simples, como o alongamento diário da panturrilha e do tendão atrás do pé, seriam suficientes para evitar o problema.

De acordo com médico Luiz Fernando Cocco, coordenador de ortopedia do Hospital Samaritano de São Paulo, por muito tempo, acreditou-se que a fascite plantar fosse apenas uma inflamação e, por isso, teria recebido o sufixo “ite”. Segundo ele, no entanto, muitos estudos indicam que se trata de síndrome degenerativa da fáscia plantar. A área ficaria inflamada por diferentes fatores e levaria a quadros de fibrose e de degeneração.

Clique na imagem para ampliá-la e saiba mais

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA