Estado de Minas ganha prêmio de reportagem em saúde

Prêmio nacional de jornalismo 2013 da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge) foi concedido à série de reportagens sobre a explosão do consumo do remédio rivotril em cidades mineiras. As matérias foram feitas por Luciane Evans com a participação de Carolina Cotta e publicadas de 25 a 29 de janeiro nas páginas de saúde do caderno Gerais

por Estado de Minas 27/11/2013 09:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Beto Novaes/EM/D.A Press
De acordo com os dados da Sinfarmig, o uso do rivotril, cujo princípio ativo é o clonazepam, explodiu na rede pública de saúde em 10 cidades avaliadas (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
O Estado de Minas é o vencedor do prêmio nacional de jornalismo 2013 da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge) com a série de reportagens sobre a explosão do consumo do remédio rivotril em cidades mineiras. As matérias foram feitas por Luciane Evans com a participação de Carolina Cotta e publicadas de 25 a 29 de janeiro nas páginas de saúde do caderno Gerais.

Clique aqui para ler a reportagem premiada


Com levantamento inédito do Sindicato dos Farmacêuticos de Minas Gerais (Sinfarmig), obtidos com exclusividade pelo EM, a repórter percorreu os principais municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte e entrevistou gestores de saúde e cidadãos dependentes do medicamento, entre eles, uma criança de 9 anos. De acordo com os dados da Sinfarmig, o uso do rivotril, cujo princípio ativo é o clonazepam, explodiu na rede pública de saúde em 10 cidades avaliadas, que consumiram juntas mais de 15 milhões de comprimidos em 2012. Diante da denúncia, a reportagem abordou os males da alma que levam as pessoas a se tornar dependentes da medicação.

Este ano, o 19º prêmio Abramge de Jornalismo Domingo de Lucca Júnior teve como tema "Doenças mentais e emocionais – Causas, diagnósticos, tratamentos e orientação para população", e bateu recorde de inscrições. Foram enviados trabalhos de todas as regiões do país, com publicações regionais e nacionais, jornais e revistas com grandes tiragens. A comissão julgadora contou com uma equipe de cinco participantes. Foram aplicadas notas de zero a 10 em cada um dos seguintes quesitos: abordagem do tema; originalidade e ineditismo; estrutura e conteúdo; clareza das análises; consistência das conclusões; confiabilidade das fontes consultadas; alcance social e validade com orientação e esclarecimento aos leitores.

Luciane Evans, repórter da editoria de Suplementos do Estado de Minas, receberá a premiação em dinheiro, troféu e diploma durante solenidade da Abramge, em 4 de dezembro, em São Paulo.

Comércio
O Estado de Minas é finalista nas duas categorias da 2ª edição do Prêmio CDL/BH de Jornalismo Impresso, criado em parceria com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais como reconhecimento à divulgação de temas relativos ao desempenho do comércio e do setor de prestação de serviços no estado. Na categoria Séries de Reportagens foram classificados os trabalhos 'Minha Vida de Empresário', com matérias publicadas na edição impressa e no portal de notícias entre 8 de julho de 2012 e 7 de julho deste ano, de autoria das repórteres Carolina Mansur e Paula Takahashi; e a série 'Frutas S/A', publicada de 14 a 16 de julho, dos repórteres Marta Vieira e Luiz Ribeiro.

Na categoria Reportagem foi selecionada a matéria 'Os Resistentes do Comércio', de autoria do repórter Paulo Henrique Lobato, publicada em 15 de junho. A premiação, que recebeu 50 inscrições, será entregue amanhã, em solenidade na sede do Clube de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH).

Este ano, o Estado de Minas foi vencedor de alguns dos principais prêmios de jornalismo do país. O jornal foi contemplado em duas categorias do Prêmio Petrobras: a de Reportagem Cultural, com a série“MBP, música brasileira popular”, e a de Responsabilidade Socioambiental do Norte, Centro-Oeste e Minas Gerais, com a série “Rede de corrupção no seguro da pesca”.

A série “Jornalistas assassinados no Vale do Aço” foi vencedora da 35ª edição do Prêmio Vladimir Herzog na categoria Especial. No Prêmio Esso, o EM venceu na categoria Primeira Página, com a capa em homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer. Publicada entre 25 e 31 de março de 2012, a série de reportagens “Sertão grande” foi a grande vencedora nacional do Prêmio Sebrae de Jornalismo – categoria Jornalismo Impresso. O EM foi ainda a publicação brasileira mais premiada no 15th European Newspaper Award, principal premiação europeia de designer de jornal.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA