Charlie Sheen revelou status de HIV para dar fim às chantagens que sofria

Ator diz que gastou mais de US$ 10 milhões para manter segredo sobre sua condição de saúde

17/11/2015 17:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Diagnosticado há quatro anos como portador do vírus HIV, Charlie Sheen afirma que só tornou pública sua condição para dar fim às chantagens de que era vítima. Ele diz que pagou mais de US$ 10 milhões a pessoas que ameaçavam divulgar sua condição de saúde.

Andrew Burton/Getty Images/AFP
Charlie Sheen diz que antes do sexo era sempre sincero quanto à condição de portador do vírus e, por isso, deparou-se com muitas pessoas dispostas a chantageá-lo em troca de silêncio (foto: Andrew Burton/Getty Images/AFP )
"Eu paguei a essas pessoas. Não são muitas, mas o suficiente para empobrecer meu futuro", contou ele nesta terça-feira, 17, ao apresentador Matt Lauer, da NBC. O medo da rejeição e do preconceito de que são vítimas os portadores de HIV e Aids fez com que o ator cedesse à chantagem ao longo deste tempo.

 

O ex-astro de Two and a half men revelou ainda que uma garota de programa conseguiu lhe arrancar dinheiro depois de fotografar os remédios antirretrovirais — inibidores do vírus — que Sheen guardava no banheiro. A mulher ameaçava vender as fotos aos tabloides e sites especializados em celebridades dos EUA.

 

"O que as pessoas esquecem é que esse dinheiro está sendo tirado dos meus filhos. Pensam que sou só eu, mas tenho cinco filhos e uma neta", ressaltou Charlie.

 

"Você continua pagando alguma dessas pessoas?", questionou Lauer. "Depois de hoje, não mais", garante Sheen, que já ocupou o posto de ator mais bem pago da TV norte-americana. 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO