Obama revela um gosto musical clássico nas playlists do Spotify

Sua seleção inclui músicas por The Temptations, The Isley Brothers, Bob Dylan, Aretha Franklin, John Coltrane, Frank Sinatra e Nina Simone

por AFP 14/08/2015 17:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
JIM WATSON / AFP
(foto: JIM WATSON / AFP)
O presidente Barack Obama acabou com qualquer segredo que poderia existir sobre seu gosto musical ao revelar que seus artistas favoritos tendem a ser clássicos e, por vezes, partidários políticos seu e majoritariamente de origem americana.

Obama, de férias no resort de luxo de Martha Vineyard, compartilhou seu atual gosto musical ao lançar duas playlists no Spotify, a popular plataforma de música por streaming.

Ele postou um link para as playlists no Twitter, dizendo que estava compartilhando suas listas de músicas a "pedido popular". As preferências musicais de Obama não têm sido um segredo de Estado.

Suas playlists incluem faixas de Beyoncé - cujo marido Jay Z fez campanha de sua reeleição em 2012 - e Stevie Wonder, que recentemente se apresentou junto a Prince na Casa Branca, em um show que gerou polêmica em Washington por ter sido privado e não anunciado.

A música de Beyoncé escolhida por Obama - em sua playlist para ouvir à noite - foi "Superpower", um título que poderia parecer apropriado para o presidente poderoso, embora a música, com participação de Frank Ocean, fale mais sobre amor do que geopolítica.

Uma música que poderia ser mais apropriada para o trabalho de Obama - e que está na playlist de músicas para ouvir de dia - é "So much trouble in the world", das lendas jamaicanas do reggae Bob Marley e The Wailers.

Entre as mais atuais da seleção do presidente americano está uma faixa de Florence and the Machine, banda de rock britânica que vem ganhando brilho aclamado entre os fãs e críticos do rock alternativo.

Ele também escolheu uma música da estrela do pop Justin Timberlake, que é raramente político, mas tem se associado às iniciativas de Obama.

O presidente também escolheu várias faixas de artistas americanos do rock e do soul clássicos, muitos deles afro-americanos.

Como já era esperado do líder dos Estados Unidos, a maioria esmagadora dos artistas é de origem americana. Mas ele também escolheu músicas dos gigantes britânicos The Rolling Stones, o cantor da Irlanda do Norte Van Morrison e a lenda canadense da música e da poesia Leonard Cohen.

E, em uma escolha que não foi surpresa, Obama incluiu em sua playlist uma música de Al Green - "How can you mend a broken heart".

Obama impressionou uma multidão no Apollo Theater de Nova York, em 2012, quando cantou a música de Green "Let's stay together", uma escolha precisa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO