Catherine Deneuve diz que odeia selfies com fãs e revela ser espectadora de 'Breaking bad'

Em entrevista intimista, musa do cinema francês afirma que não tem planos para filmar em Hollywood e que não tem o ''lobby'' necessário para conquistar um Oscar

por AFP Fernanda Machado 16/10/2014 17:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / TIZIANA FABI
Deneuve posa para fotógrafos no Festival de Veneza, no último mês de agosto; estrela confessa que não entende motivo para selfies: ''Eu me pergunto por que as pessoas querem essas fotos'' (foto: AFP PHOTO / TIZIANA FABI )
A atriz francesa Catherine Deneuve, considerada uma das mulheres mais lindas do cinema mundial, deu uma entrevista à AFP e não escondeu seu incômodo com os os paparazzi e os fãs adeptos de 'selfies'. "Todo mundo quer fazer estas horrorosas chamadas 'selfies'. Eu me pergunto por que as pessoas querem essas fotos", afirmou a atriz que, depois de meio século de uma carreira excepcional, conserva intacto o interesse por novos horizontes artísticos, como o cinema indiano, que ela resolveu explorar em uma viagem a Mumbai.

A atriz, que vai comemorar 71 anos na próxima semana, foi convidada a visitar a capital indiana do cinema para receber um prêmio pelo conjunto de sua carreira em um festival local. Elegante como sempre, Deneuve manifesta sua desconfiança com este tipo de homenagem, "agradável, mas que, em alguns casos, pode parecer um enterro de primeira classe". Deneuve lidera a delegação francesa que participa da sétima edição do "Encontro com o Cinema Francês", organizada pela UniFrance e que contará com projeções especiais para tentar vender produtos franceses aos produtores de Bollywood.

A atriz, que trabalhou em mais de 100 filmes, admite, no entanto, que não conhece muito o cinema indiano. Além de manifestar sua curiosidade, também não descarta trabalhar em uma produção indiana.

"Este cinema é tão diferente. Eles adoram histórias românticas, muita dança", comenta. "Estou certa de que existem jovens diretores que fazem outras coisas além dos contos de fada, ou comédias musicais, mas ainda não tive a sorte de conhecê-los", acrescentou.

Deneuve se disse mais familiarizada com séries americanas como 'Breaking bad', 'Homeland' e 'House of cards', e que admira jovens atrizes como Cameron Diaz, Kate Winslet e Kirsten Stewart. No entanto, não está preocupada em ter uma presença maior nos Estados Unidos.

"Já me fizeram propostas que não me pareceram mais interessantes que as que tenho na Europa, e não tenho motivos para filmar nos Estados Unidos simplesmente porque é em inglês", explicou. Quanto à reclamação constante das atrizes sobre a falta de papéis femininos marcantes em Hollywood, Catherine Deneuve considera que o problema é menor no cinema europeu, onde "existem menos convenções sobre o poder da sedução de mulheres de certa idade nas telas".
AFP PHOTO/ PUNIT PARANJPE
Catherine posa na chegada ao 16º Festival de Cinema de Mumbai, na Índia, no último dia 14; atriz mostrou interesse pela produção de Bollywood: ''Eles adoram histórias românticas, muita dança'' (foto: AFP PHOTO/ PUNIT PARANJPE )
"Nos Estados Unidos, o cinema é tão importante, tem custos tão elevados, que não se pode correr os mesmos riscos que na Europa", comenta ainda. A candidata ao Oscar de 1993 por seu papel em 'Indochina' afirma ainda que se sente feliz por ter sido indicada ao prêmio, apesar de ter uma atitude muito particular em relação a isso. "Se você quiser receber um Oscar, ou ao menos ser indicado, é preciso trabalhar muito e estar muito presente nos Estados Unidos para conhecer pessoas e fazer uma espécie de 'lobby'", explica, descartando sua intenção de se submeter a tudo isso.

Atualmente, seu interesse como atriz se concentra mais em um roteiro interessante ou um diretor do que em um papel em particular. Também não descarta a possibilidade de atuar no teatro, apesar da fobia que tem dos palcos, como já admitiu várias vezes. "A angústia do palco é algo que me afeta demais. É um pesadelo que tenho constantemente", confessa, por fim.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO