Ronaldo Fraga protesta contra Temer durante lançamento de coleção inédita de moda praia

Ele não pára e sempre provoca a reflexão:na SPFW, estilista mineiro mostra que passarela também é lugar de expressão política

por Laura Valente 30/08/2017 18:05
Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação
Engajado, estilista protesta contra desserviço ambiental de Temer (foto: Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação)

 Sob o sol de passarela montada ao ar livre na Fundação Bienal, Parque Ibirapuera, SP, o estilista Ronaldo Fraga lançou mais uma coleção de moda em tom político, enviando um recado para o presidente Michel Temer. No alvo do criador,o decreto que extinguia uma reserva mineral na Amazônia, que mereceu uma camiseta protesto com a frase:"Mr. Presidente, se você não pensa no Brasil, pense nos netos do Michelzinho". Em desabafo, chamou a atenção do Brasil: "O momento político pede que as pessoas não fiquem só no Facebook, nas redes sociais. Elas precisam ir para as ruas" defendeu o mineiro. 
Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação
Modelo plus size Fluvia Lacerda estreou na SPFW (foto: Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação)
 
O tom de crítica social que leva à reflexão é uma constante na carreira do estilista, que tambaém alfinetou quem cultua os estereótipos de beleza. Se em edições anteriores ele abordou a crise dos refugiados e o preconceito sobre os transexuais, levando imigrantes e modelos transgêneros para as passarelas, dessa vez provocou o público ao eleger casting diversificado, formado por pessoas "comuns", de idades variadas (inclusive idosos) e silhuetas diversas, tatuados e portadores de necessidades especiais, celebrando a diversidade de biótipos, gênero, etnias, classe social. Como antecipado aqui, Ronaldo apostou em inédita coleção de beachwear, nomeada As praias desertas continuam esperando por nós dois. "Na moda praia, todas as pessoas têm o corpo perfeito. O homem tem a barriga sarada, a menina tem o bumbum redondo impecável, mas na verdade a perfeição não existe. A minoria da minoria tem esse corpo. Será que as pessoas ainda precisam cultuar essa imagem inatingível? Porque no Brasil todo mundo quer ser chique nesses tempos áridos e difíceis?Teve um tempo em que colocar pessoas normais na passarela não vendia. Mas é no que eu acredito ", disparou logo após a apresentação.
Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação
Modelos de idades variadas (foto: Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação)
Na passarela, a modelo plus size Fluvia Lacerda finalmente estreou no evento. "Essa é a tendência do mundo. Acredito que muitas grifes ficam emperradas em uma ideologia que não corresponde mais ao público.  E justamente nesse período de revolução que estamos vivendo, principalmente por causa das redes sociais. Essas marcas não vão sobreviver", afirmou ela após a apresentação inédita.
Anos 20
Entre os modelos propostos pela grife sungas, maiôs, biquínis, saias, shortinhos, hotpants e afins, com destaque para a estética de estilo anos 20, numa inspiração que aborda também em tom de crítica os 100 anos da descoberta da praia brasileira pela elite."Se tem uma coisa que o Brasil aprendeu é que a praia é um espaço democrático", resaltou o criador. Apesar de o evento apoiar o movimento de negócios conhecido como See Now, Buy Now (veja agora, compre agora), com a ideia de que as marcas disponibilizem as peças desfiladas no comércio logo após a apresentação, Fraga avisa que os modelos confeccionadas em neoprene semelhante à sarja, entre outros tecidos, serão vendidos apenas a partir de outubro, quando ele lançará o verão na loja Grande Hotel Ronaldo Fraga, em BH. "Para mim, a urgência não faz tanto sentido uma vez que os clientes que procuram minha marca estão interessados nos traços de uma grife, procura por peças mais autorais, sabe e até curte esperar”, aponta. Veja mais fotos na galeria a seguir!

Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação
Estética inspirada nos anos 1920 (foto: Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação)

Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação
O corpo tatuado revela respeito à diversidade (foto: Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação)
Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação
Peças retrô também abordam um divertido clima marinheiro (foto: Zé Takahashi- Agência Fotosite/divulgação)
  
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE FEMININO