Monólogo 'Acorda Amor!' conta história de radialista demitida durante a ditadura

Espetáculo acontece em BH neste fim de semana

por Fernanda Machado 07/05/2014 18:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
(foto: Divulgação)
Demitida após 25 anos de casa, a radialista Adelaide Fontana resolve se trancar no estúdio e fazer um programa especial, em que músicas revelam o real motivo da sua saída da rádio. Esse é o gancho do monólogo 'Acorda amor!', que será apresentado em Belo Horizonte neste fim de semana, com atuação e direção de Rose Brant.

A ambientação da peça é em 1974, durante a ditadura militar, quando a repressão aos meios de comunicação era forte no país. A personagem Adelaide Fontana comandava o programa 'Suspiros ao meio-dia', mas é demitida por uma razão que é revelada ao longo da apresentação, com músicas da época. 'Acorda amor!' é adaptado do original 'A rainha do ra%u0301dio', de Jose%u0301 Safiotti Filho.

'Acorda amor!'

De quinta-feira a sábado, 8, 9 e 10 de maio, às 20h30; domingo, 11 de maio, às 19h. Sesc Palladium (Teatro de Bolso Júlio Mackenzie - Av. Augusto de Lima, 420, Centro). Entrada: R$15 a R$30. Classificação: 14 anos. Informações: (31) 3270-8100

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS