Vendas do livro '1984' disparam após escândalo de espionagem nos EUA

Recente revelação de controle de informação do governo norte-americano impulsiona vendas do livro

por AFP - Agence France-Presse 11/06/2013 16:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/ Companhia das Letras
Sucesso no lançamento, em 1949, o clássico ganha novo fôlego no mercado (foto: Divulgação/ Companhia das Letras)
"O Grande Irmão está observando". As vendas do livro '1984', de George Orwell, decolaram após as revelações sobre o monitoramento de registros telefônicos e da internet realizados pelo governo dos Estados Unidos. Publicado em 1949, nos últimos meses e vida do autor, o livro descreve uma sociedade, cujo controle vai além da informação e atinge o cotidiano dos cidadãos. As vendas da 100ª edição do livro subiram 7,005% na Amazon, de acordo com a página Mover and Shakers in Books do site varejista, que monitora e classifica as vendas a cada 24 horas. Uma edição que une '1984' e 'Revolução dos bichos', ambos de Orwell, viu as vendas subirem 314%. Uma série de vazamentos nos últimos dias informaram ao mundo sobre como os serviços de inteligência dos Estados Unidos monitoram os registros telefônicos e as atividades na internet de cidadãos comuns em busca de possíveis ameaças terroristas.O presidente Barack Obama afirma que este sistema ajuda a manter os americanos seguros, mas defensores das liberdades civis criticam a ação.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS