Diretores de 'Moana: Um Mar de Aventuras' dizem que há espaço para princesa LGBT

O filme foge dos personagens tradicionais e desafia os papéis de gênero, podendo abrir espaço para outras possibilidades de representatividade

por Agência Estado 29/11/2016 16:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Independente, apaixonada e valente, Moana é uma princesa feminista da Disney (foto: Divulgação)
Moana, a princesa que protagoniza o filme Moana - Um Mar de Aventuras, é bem diferente das personagens tradicionais da Disney. Com quadril mais largo e pernas mais grossas, sua história não tem nada a ver com príncipe encantado ou a busca por um amor. O padrão das antigas princesas já vem sendo reformulado desde Valente, o que se repetiu em Frozen - Uma Aventura Congelante.

Em entrevista ao The Huffinton Post, Ron Clements e John Musker, diretores do filme de Moana, foram questionados se há espaço nos filmes da Disney para representatividade LGBT. "Parece que as possibilidades estão bem abertas atualmente", respondeu Clements.

Os diretores afirmaram que não têm controle sob as ações da Disney, mas explicaram que um diretor que quisesse criar uma personagem LGBT provavelmente conseguiria. "Eu diria que nós nunca tivemos restrições no que fizemos", afirmou John Musker.

Ainda sobre Moana, os dois disseram que ela é durona e que o filme a leva a um novo 'território' por suas características físicas. "Nós a fizemos com quadris e pernas mais cheios capazes de realizarem a ação que nós quiséssemos, como pular de penhascos e coisas assim", disse Musker.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA