Praça da Estação recebe milhares de foliões no último dia de folia

Alcova Libertina, Bloco da Calixto e Baianas Ozadas agitam os foliões e prometem entrar pela quarta-feira de cinzas. Pelo menos 30 mil pessoas assistiram aos shows

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Zulmira Furbino/EM/D.A Press
Pelo menos 30 mil pessoas passaram pela praça para assistir aos shows (foto: Zulmira Furbino/EM/D.A Press )

A reunião de três dos maiores blocos que desfilaram pelas ruas de Belo Horizonte nos últimos dias foi a combinação perfeita para terminar o carnaval da capital. A animação levou milhares de foliões à Praça da Estação, onde tocavam juntos os blocos Alcova Libertina, que reuniu 30 mil pessoas no domingo, o Bloco da Calixto, que fez a festa na Avenida Getúlio Vargas, e as Baianas Ozadas, que arrastaram 100 mil foliões na Avenida Afonso Pena. Dona Jandira abriu o show, por volta das 20h, seguido pelo músico Thiago Delegado. Segundo a Polícia Militar, pelo menos 30 mil pessoas passaram pela praça para assistir aos shows.

ÚLTIMO DIA

Nesta terça-feira, pelo menos 22 blocos se apresentaram em diferentes regiões da capital mineira. A folia começou cedo, por volta das 10h, com o bloco Juventude Bronzeada, que saiu da Praça Lions e desfilou pelas ruas do Bairro Floresta, levando 7 mil foliões ao som do axé e do reggae. Os participantes do grupo pintaram a pele de branco e usaram adereços coloridos. 

Fã das marchinhas de carnaval, o Bloco do Peixoto desfilou pelo Bairro Santa Efigênia, concentrando-se na Praça Floriano Peixoto, um dos pontos altos desse carnaval.

 

Às 11h, o Bloco Magnólia inovou ao trazer jazz para o carnaval. O bloco se concentrou na Rua Catumbi e seguiu pela Rua Magnólia. O tráfego só foi impedido pouco antes das 14h, quando os foliões iniciaram o desfile pelas ruas do bairro.

O grupo Baque de Mina se apresentou na Praça Afonso Arinos, às 15h. Grupo de Maracatu criado em janeiro de 2013, ele é composto somente por mulheres. Ao todo, foram 50 percursionistas. Enquanto as mulheres tocavam, os homens dançavam. Até o final da tarde, cerca de 10 mil pessoas participaram da festa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CARNAVAL