Após condenação, Danilo Gentili recebe solidariedade de Bolsonaro

Presidente afirmou que Danilo Gentili exerce sua liberdade de expressão. Apresentador foi condenado a seis meses de prisão por ofensas à deputada Maria do Rosário

por Correio Braziliense 11/04/2019 13:45
 Breno Fortes/CB/D.A Press e Ed Alves/CB/D.A Press
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press e Ed Alves/CB/D.A Press)


O presidente Jair Bolsonaro demonstrou, nesta quinta-feira (11/4), solidariedade ao apresentador de tevê Danilo Gentili, condenado, na quarta-feira, a seis meses e 28 dias de prisão, em regime semiaberto, pelo crime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).
"Me solidarizo com o apresentador e comediante @DaniloGentili ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo, mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros", escreveu no Twitter Bolsonaro, que já foi condenado a pagar indenização à deputada por ofendê-la.

Continua depois da publicidade
Em resposta, o apresentador se disse honrado e que nunca havia imaginado ser condenado por protestar contra a censura ou receber apoio presidencial. "Também fico aliviado por entender que esse post significa um registro do compromisso do governo com a liberdade de expressão", acrescentou Gentili, que também recebeu apoio de fãs e amigos.


A sentença contra o apresentador e humorista foi assinada pela juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo. O humorista poderá recorrer em liberdade.

O caso julgado aconteceu em 22 de março de 2016. Na ocasião, ele publicou um vídeo rasgando e esfregando nas partes íntimas uma correspondência oficial enviada por Maria do Rosário. De acordo com a juíza, ficou provado que Danilo ofendeu "a dignidade ou o decoro" da deputada, "atribuindo-lhe a alcunha de 'puta', bem como expôs, em tom de deboche, a imagem dos servidores públicos federais e seu respectivo órgão, ou seja, a Câmara dos Deputados".

Maria do Rosário comemora

Logo após a decisão, Danilo publicou uma mensagem em suas redes sociais, ironizando a condenação: "Quem vai me levar cigarro?". Já Maria do Rosário celebrou a decisão como "uma convocação à sociedade para retomar o respeito, o bom senso no debate público, nas redes sociais e na vida". "Considero a decisão um símbolo de que é possível preservar a liberdade de expressão e garantir a dignidade humana. Esta é uma vitória da democracia e da justiça", acrescentou.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV