Fox estreia The resident, série sobre negligência profissional

Ambientada em um hospital, produção não abre mão de romances, jogos de poder e diagnósticos fora dos padrões

por Mariana Peixoto 04/07/2018 08:00
FOX/DIVULGAÇÃO
(foto: FOX/DIVULGAÇÃO)

Mais uma série médica? The resident, que a Fox lança nesta quarta (4), às 22h15, com episódio duplo, é mais do mesmo. Mas isso não representa um defeito. O que o piloto deixa antever é uma mistura de elementos que fizeram a glória das mais célebres produções do gênero.

Um médico genial e genioso, que utiliza métodos não ortodoxos para cuidar de seus pacientes – o residente do terceiro ano Conrad Hawkins (Matt Czuchry) – é uma espécie de Dr. House mais jovem e menos ególatra. Um residente idealista que chega a seu primeiro dia em um importante hospital cheio de boas intenções e pouca prática médica? O iniciante Devon Pravesh (Manish Dayal) não é muito diferente dos jovens que, a cada nova temporada, vão trabalhar no Memorial Grey-Sloan, em Grey’s anatomy.

Casos complicados, relacionamentos afetivos, abusos de poder. Tudo o que uma série médica demanda The resident tem. O mote aqui é que é diferente. O drama aborda a negligência na medicina – erros médicos são a terceira causa de morte nos Estados Unidos – a partir do personagem Pravesh, ex-aluno de Harvard que chega ao Chastain Park Memorial, em Atlanta, para dar início aos seus últimos anos de formação.

O prólogo logo nos apresenta o vilão. Um grupo de jovens médicos acompanha uma cirurgia de apendicectomia (retirada do apêndice). Encantada por ser sua primeira vez ao lado do astro do hospital, o cirurgião Randolph Bell (Bruce Greenwood), uma jovem pede selfies com ele, algo mais do que proibido numa sala de cirurgia.

Com a mão trêmula, Bell comete um erro, enquanto a equipe se preocupa com as fotos. O procedimento, algo bem simples, acaba levando à morte do paciente. Rapidamente, os médicos arrumam uma solução para o problema – inventa-se que o paciente tinha um problema no coração e teve uma parada cardíaca durante a cirurgia.

Bell é tão mau-caráter que beira a caricatura. Chamado às escondidas por Mamed (Mãos da morte e Destruição), ele utiliza subterfúgios para continuar sendo o astro do hospital. Coloca a competente cirurgiã Mina Okafor (Shaunette Renée Wilson) a seu dispor por meio de chantagem. Os que estão abaixo dele, como a enfermeira Nicolette Nevin (Emily VanCamp), sabem das mentiras que resultam em morte de pacientes, mas nada podem fazer.

É na eterna briga entre bem e mal que The resident promete se concentrar. Com cenas dramáticas na medida, trilha sonora que explora boas canções do universo pop e a presença de nomes conhecidos do público da TV que o drama médico se ampara. Exibida entre janeiro e maio nos EUA, a primeira temporada, com 14 episódios, já garantiu um segundo ano, previsto para setembro.

THE RESIDENT
A série estreia hoje, às 22h15, na Fox, com episódio duplo. Dois novos episódios serão exibidos sempre às quartas, no mesmo horário.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV