Romance e humor irônico marcam 'Orgulho e paixão', nova novela das 6

Inspirado livremente na obra de Jane Austen, folhetim escrito por Marcos Bernstein estreia próxima terça-feira (20), na Globo

18/03/2018 14:30
João Miguel Júnior/Globo
Thiago Lacerda e Nathália Dill formam o par principal (foto: João Miguel Júnior/Globo)
Na nova novela das seis da Globo, Orgulho e paixão, que estreia na terça (20), o sonho de Ofélia (Vera Holtz), a matriarca da família Benedito, é casar suas cinco filhas. No fictício Vale do Café, vilarejo no interior de São Paulo, no começo do século 20, Jane (Pamela Tomé), Mariana (Chandelly Braz), Cecília (Anaju Dorigon) e Lídia (Bruna Griphão) estão à espera do tal príncipe encantado. M as Elisabeta (Nathalia Dill), ao contrário das irmãs, não tem como prioridade o casamento. Por isso, ela se surpreenderá ao se encantar por Darcy (Thiago Lacerda).

“O que acho bonito é que os dois são deslocados no tempo. Ela não aceita ser essa mulher que tem que servir, enquanto ele também não concorda com essa postura de mulheres na prateleira, onde você vai e escolhe uma”, revela Nathalia Dill.

Logo no início, Ema (Agatha Moreira) dará um baile de boas-vindas para Darcy e Camilo (Maurício Destri) a fim de arrumar pretendentes para suas amigas sem imaginar que eles estão na cidade para comprar as terras de sua família. Na ocasião, Elisabeta conhecerá Darcy e os dois vão entrar em embates sinceros, deixando bem clara a personalidade de cada um, mas isso também os levará a um relacionamento. No entanto, a interesseira Susana (Alessandra Negrini) fará de tudo para afastá-los.

“A novela tem uma vocação romântica, que parte da história desta mãe que busca casar suas cinco filhas de qualquer jeito. Toda a trama se desenrola com muita paixão, romance, humor, leveza e graça”, relata o autor, Marcos Bernstein.

Na trama, Susana trabalha para Julieta (Gabriela Duarte), a Rainha do Café, porém seu principal interesse é arrumar um marido rico. Na história, ela colocará todas as suas esperanças em Darcy. Portanto, armará para afastar o mocinho de Elisabeta, assim que o casal se apaixonar.

“Susana quer o dinheiro do Darcy. Ela não é apaixonada por ele. É uma malandra! É uma personagem que só quer se dar bem, que não tem escrúpulos, é interesseira, mas também engraçada”, adianta Alessandra Negrini.

INSPIRAÇÃO Orgulho e paixão foi inspirada livremente nas obras Orgulho e preconceito (1813), Razão e sensibilidade (1811), Abadia de Northanger (1818), Lady Susan (escrito entre 1794 e 1805), Emma (1815) e Mansfield Park (1814), da inglesa Jane Austen.

Segundo Thiago Lacerda, foi um acerto do autor decidir não seguir à risca o texto da escritora e usar apenas a essência de seus personagens e do universo retratado nos livros. “A obra é uma inspiração, mas o Marcos Bernstein tem essa liberdade de não ter nenhuma responsabilidade com a obra, a não ser trazer para as pessoas as referências que a Jane Austen apresenta. A partir daí, ele desdobrou a história da novela. Acho inteligente, inclusive, fazer uma adaptação. É mais legal”, avalia o ator. (Estadão Conteúdo)

QUEM É QUEM

Ofélia Benedito (Vera Holtz) – Sem papas na língua, tem uma missão na vida: casar as cinco filhas. Ela passa os dias pensando em bons pretendentes para as jovens. Quanto mais tempo as filhas demoram a se casar, mais a situação financeira da família piora.

Felisberto Benedito (Tato Gabus Mendes) – Um intelectual, professor de todas as escolas da redondeza, casado com Ofélia.

Elisabeta Benedito (Nathalia Dill) – É uma jovem à frente de seu tempo, que se recusa a se casar
por conveniência. Apesar de seu forte temperamento, ela encontra em Darcy (Thiago Lacerda) seu par
ideal. O casal lutará contra as adversidades para viver este amor.

Jane (Pamela Tomé)
– A mais velha das irmãs Benedito é também a mais linda. Doce e tímida, a ela não faltam pretendentes.

Mariana (Chandelly Braz) – É uma apaixonada radical, sempre em busca de um amor forte e explosivo. Por isso, cai de paixão por Diogo Uirapuru (Bruno Gissoni), o poeta “trovador” que leva uma vida sem regras.

Cecília (Anaju Dorigon) – É a filha mais caseira da família Benedito. Está sempre cercada de livros com histórias de donzelas em perigo, de mortes por amores e de terror gótico.

Lídia (Bruna Griphão) – É a mais extrovertida das filhas da família Benedito. Para piorar, sua ingenuidade é quase infantil. Ele se mete nas situações mais cômicas possíveis.

Darcy Williamson (Thiago Lacerda) – Nascido no Brasil, é filho do industrial inglês Lorde Williamson (Tarcísio Meira), que, ainda no Império, veio implantar as estradas de ferro no país. Irá se apaixonar por Elisabeta.

Julieta Bittencourt (Gabriela Duarte)
– Emocionalmente distante, severa, educou o filho Camilo (Maurício Destri) sozinha, amando-o muito, mas sem nunca conseguir dar o carinho que o menino precisava.

Susana (Alessandra Negrini) – Dissimulada, manipuladora e sedutora. É o braço direito de Julieta, a Rainha do Café. Vê em Darcy o alvo perfeito para se dar bem na vida.

Camilo Bittencourt (Mauricio Destri) – Lindo, doce e romântico, mas de personalidade fraca. Provavelmente devido à superproteção de sua mãe, Julieta. É o melhor amigo de Darcy, a quem considera um irmão.

Ernesto Pricelli (Rodrigo Simas) – Jovem, bonito e cheio de ideias para mudar o mundo. Filho de imigrantes italianos, Gaetano (Jairo Mattos) e Nicoletta Pricelli (Rosane Gofman). Encontra em Elisabeta não só uma aliada, também um grande amor.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV