'Pânico' abriu mão de multa por rescisão ao sair da Band, diz colunista

Contrato da emissora com o formato humorístico venceria em dezembro de 2018, mas o canal decidiu pôr um fim no programa antes do esperado

por Estado de Minas 01/02/2018 11:46
Band/Reprodução
'Pânico' ficou seis anos no ar no canal. (foto: Band/Reprodução)
O fim do Pânico na Band já foi acertado entre a trupe de humoristas e os dirigentes do canal de TV. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do site de notícias UOL, o grupo compreendeu a situação financeira da emissora e abriu mão da multa por rescisão contratual a que tinha direito. 

O contrato previa uma parceria do grupo com a Band até o final de dezembro de 2018. Segundo a publicação, a multa de rescisão poderia chegar a R$ 3 milhões, caso chegassem a um termo. 

Anteriormente, a Band já havia procurado Tutinha e Emílio Surita para tratar de um acordo amistoso que favorecesse ambas as partes. Enquanto não recebe convite para migrar para outro canal, o Pânico mantém seu programa de rádio e investe em seu canal no YouTube

A informação de que o programa não seria mais produzido pela Rede Bandeirantes surgiu em outubro passado. O Pânico saiu do ar em dezembro. À época, rumores davam conta de que a emissora estavam disposta a tirar o humorístico de sua grade por conta das abordagens que dava aos temas

Sempre polêmico, o Pânico surgiu na TV em 2003 na RedeTV!. Ficou lá durante 09 anos e, em 2012, começou a sua trajetória na Band.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SERIES-E-TV