Os 5 passos que você precisa saber para começar a investir na bolsa

Muitas pessoas não sabem como investir e multiplicar o dinheiro, por isso separamos os passos para você seguir e começar a investir e melhorar suas finanças

17/09/2021 15:44
Pexels
(foto: Pexels)

A bolsa de valores é como um bicho de sete cabeças para muitas pessoas, e talvez você seja uma delas. Não aprendemos exatamente como investir e multiplicar o dinheiro na escola, e dificilmente conseguimos entender bem sobre o tema sem ajuda externa. Se você quer investir na bolsa mas não sabe por onde começar, leia este texto. 

Aqui estão os passos que você precisa saber para melhorar a sua saúde financeira.

1. Entenda o mercado financeiro


tecnologia pode ser a sua maior aliada na hora de investir na bolsa, e te contamos por quê. Em ferramentas de pesquisa, como o Google, você encontra informações suficientes para entender o mercado financeiro e os produtos disponíveis para investimento.

Busque o significado de termos que não entende e estude o mercado antes de se aventurar com o seu dinheiro suado. Você realmente sabe o que são as ações? Elas são somente um dos tipos de produtos presentes na bolsa. 

2. Pesquise sobre as empresas

As ações são cotas de empresas - então quando você compra ou investe em uma ação, está na verdade adquirindo uma parte de determinada empresa. Por isso, é importante ter uma noção geral de quem está disponível para compra na bolsa de valores. 

Se alguma ação despertar o seu interesse, descubra quem governa a companhia em questão, o lucro e as dívidas que a empresa tem, os dividendos que ela paga para os acionistas, e procure ler notícias atuais e antigas sobre ela. Descubra se as ações da empresa estão muito caras, a um preço justo, ou uma pechincha. Dica: nem sempre vale a pena comprar o que está barato.

3. Abra uma conta em uma corretora de valores


Para investir na bolsa, você precisa ter uma conta em alguma corretora de valores. A corretora é uma intermediária, onde você deposita dinheiro para operar na bolsa. Algumas também funcionam como bancos, então se você for iniciante, verifique se o seu banco tem uma corretora e navegue por ela. Algumas corretoras ativas atualmente são a Nu Invest, XP Investimentos, Banco Inter e Rico.  

Na hora de escolher, tome bastante cuidado. Faça uma pesquisa detalhada das opções e taxas, assim como se o site em questão é confiável. Afinal, sempre procuramos entender se as plataformas são seguras para fazer compras na internet ou contratar serviços, e com as corretoras não seria diferente. Até para os sites de apostas esportivas e cassinos online existe o confiavel.com, por exemplo, que fornece análises e opiniões de usuários reais. 

No caso do confiavel.com, ele ajuda pessoas que acompanham jogos de variados esportes a escolherem uma plataforma que atenda às suas necessidades e que seja segura; já para amantes da jogatina, ele lista opções para se divertir com cassinos online seguros.

4. Descubra o seu perfil de investidor


Assim que criar a sua conta em uma corretora, você precisará fazer um teste de suitability, também conhecido como o perfil de investidor. No geral, você pode ser classificado como conservador, moderado, ou arrojado. Os perfis indicam os melhores tipos de investimento para a sua personalidade, sua tolerância de risco, a experiência que você tem no mercado financeiro, e se você já tem algum patrimônio e reserva de emergência.

Caso esteja começando a construir o seu patrimônio e não queira arriscar tanto o seu dinheiro, provavelmente terá o perfil conservador, e os investimentos recomendados serão de renda fixa, com maior liquidez, menos rendimento e mais segurança. Se nunca tinha pensado em investir antes, talvez ainda não tenha uma reserva de emergência, que é bastante importante antes de se aventurar na bolsa.

5. Escolha os produtos de maneira diversificada


Por fim, com base no seu perfil, escolha os melhores produtos para a sua carteira. Se já sentir certa segurança, pode variar entre ações de diferentes empresas, alguma opção em renda fixa, como os CDBs, fundos imobiliários, ou até mesmo criptomoedas e commodities. 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE NEGÓCIOS