Com 27 anos de carreira, sertanejo Luciano revela sonho ainda não realizado

A Dupla Zezé di Camargo e Luciano faz show na Expominas em BH

por Francelle Marzano 27/07/2018 08:00

Caldi Assessoria/Divulgação
Dupla Zezé di Camargo e Luciano se lançou em 1991, com o sucesso É o amor (foto: Caldi Assessoria/Divulgação)
Quando a dupla Zezé di Camargo e Luciano se lançou no mercado sertanejo, em 1991, emplacou logo de cara o sucesso nacional É o amor. ''Comecei a cantar e virei sucesso quando tinha 18 anos. Já conquistamos várias premiações no Brasil, quatro Grammy Latino, tivemos 16 canções como tema de novela na TV'', cita Luciano, resumindo 27 anos de carreira e explicando por que considera que realizou todos os seus sonhos profissionais. Menos um. “Hoje, digo que só tem uma coisa que eu queria ter feito e ainda não fiz, por questões de desencontro, que é gravar com a Alcione. Tenho paixão por ela e espero poder realizar esse sonho ainda.”


No universo da música, Alcione pertence ao planeta do samba, enquanto Zezé di Camargo e Luciano são nascidos e criados como sertanejos há tempo bastante para ver mudanças na população de talentos da área, assim como nos seus mecanismos de funcionamento.

Sobre a mudança no padrão de consumo de música determinado pela disseminação dos formatos digitais de difusão, como as plataformas de streaming, Luciano considera que ele e o irmão souberam se reinventar e aproveitar a tecnologia a seu favor. “Não tivemos que mudar. Nós simplesmente absorvemos essas novas ferramentas. Continuamos a lançar um CD por ano. Estamos em todas as plataformas. Temos playlist no Spotify, Deezer. Estivemos no escritório do Spotify aqui em São Paulo e fizemos uma live com eles que foi a mais vista”, afirma.

Apesar de acumular milhares de seguidores em suas redes sociais, o cantor diz que, neste território, o desempenho da dupla é incomparável ao dos novos nomes da música sertaneja – que os derrotam. No entanto, ele afirma não se ressentir do novo momento, pois avalia que muita gente talentosa chega para somar e agregar valor ao mercado da música. Dos recém-chegados, ou melhor, recém-chegadas, destaca as irmãs Simone e Simaria. “Amo Simone e Simaria desde que elas tinham 15 anos, desde que eram backing vocals do Frank Aguiar. Acho que qualquer hora a gente ainda grava alguma coisa juntos. O Brasil é muito rico de talentos e essa turma que está chegando tem muito talento. Parece que eles vêm com um chip a mais e isso eleva muito o patamar da música sertaneja. Gusttavo Mioto, Fernando e Sorocaba são exemplos talentosíssimos”, diz ele, sem deixar de citar Michel Teló, a quem considera um dos artistas mais completos do Brasil.

Com andanças por todo o Brasil, Luciano diz que Minas Gerais é o estado em que a dupla mais faz show. “Semana passada eu estava aí; na retrasada também. É difícil passar um mês sem cantar por aí. Mas cada show é diferente, tem uma energia que é de cada lugar. A única coisa em comum é que a gente fala muito de amor”, diz.

REPERTÓRIO Nesta sexta (27), Zezé di Camargo e Luciano “batem ponto” na capital mineira, como atração da 37ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, no Expominas, no bairro Gameleira. Luciano garante que no repertório do show não vão faltar os maiores sucessos da carreira, como a já citada É o amor, além de No dia em que saí de casa, Será que foi saudade, Dois corações e uma história e outras músicas que deram à dupla o status de “a mais romântica do Brasil”. “Nos deram esse título, e a gente aceitou. As nossas músicas que mais estouraram falam de amor, e essa é a nossa temática. Mas não é um show para chorar. É um show alegre, com luz e cenário bonito, coisas a que os mineiros estão acostumados.”

Com 45 lançamentos – entre CDs, DVDs e EPs – Zezé di Camargo e Luciano são inspiração para a maioria das novas duplas sertanejas, que tentam um lugar ao sol num mercado saturado de novas vozes. Ao que parece, Zezé e Luciano conquistaram um público que se mantém fiel, mas que também se renova conforme os novos trabalhos são divulgados. Recentemente, os irmãos investiram na faixa Reggae in roça, que, como o nome indica, acrescenta uma pegada de reggae com a levada sertaneja em uma batida mais lenta, com percussão e violão em destaque.

A música já havia sido gravada pela dupla Otávio Augusto & Gabriel, que são autores da composição ao lado de Leonardo Vinícius, Rodrigo Lisboa e Wagner Lucas. Como compositores, no entanto, Otávio Augusto & Gabriel assinam Rodrigo e Diego Evangelista, respectivamente. O vídeo da versão gravada por Zezé di Camargo e Luciano, que tem Otávio Augusto & Gabriel como convidados, ultrapassou a marca de 2 milhões de visualizações no canal oficial dos sertanejos. Na semana que vem deve ser lançado um novo clipe da música, que conta com a participação da atriz Larissa Manoela e da dançarina Lorena Improta.

A boa performance da faixa animou a dupla a gravar um novo DVD, depois de um intervalo de três anos desde seu último lançamento no formato. O novo projeto dos músicos é um acústico ao vivo, que deverá ser gravado em novembro deste ano, em São Paulo. “Nunca gravamos nenhum DVD acústico. Vai ser o primeiro. É um projeto para atender mais a um anseio do nosso público do que a nós mesmos. É um pedido antigo dos nossos fãs, que resolvemos atender agora”, afirma Luciano.

O disco deverá ter releituras dos grandes sucessos da dupla e outras quatro ou cinco faixas inéditas. Uma vez definido o repertório, a dupla passará a fazer convites para participações especiais, respeitando o critério do que “combina mais com cada artista”. Quem sabe não apareça aí uma música no tom certo para a Marrom soltar a voz?

 

“SONHO” DIZ QUE

“É SÓ FALAR O DIA”
O Estado de Minas procurou a cantora Alcione para saber o que ela acha de ser o sonho irrealizado da carreira de Luciano. A cantora respondeu: “Eu já disse para esses meninos, para o Zezé, o Camargo e o Luciano (risos), que é só eles dizerem a hora e a roupa. Zezé di Camargo e Luciano, eu estou às ordens de vocês. É só me chamarem e eu vou. Porque eu também tenho loucura pra cantar com vocês. Sou fã de me rasgar, minha família toda ama vocês. Não me abandonem”.

MODÃO MANGALARGA MACHADOR
Show de Zezé di Camargo e Luciano. Sexta (27), a partir das 22h, no Pavilhão Expominas (Av. Amazonas, 6.200, Gameleira). Ingressos: R$ 190 (com open bar). Vendas e mais informações: www.modaomarchador.com.br.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA