Banda 14 Bis resgata antigas canções em show acústico no Sesc Palladium

Nesta sexta-feira (6), grupo mineiro promete tocar o melhor de seu 'lado B'. Novo CD/DVD será gravado em maio

por Estado de Minas 06/04/2018 08:00
Lucas Bori/divulgação
Com 39 anos de estrada, 14 Bis aposta na interação com o público jovem (foto: Lucas Bori/divulgação)
Nesta sexta-feira (6), o 14 Bis traz seu novo projeto a BH, com versões acústicas de canções de seus primeiros discos. Formada por Cláudio Venturini (guitarra e voz), Sérgio Magrão (baixo e voz), Vermelho (teclados e voz) e Hely Rodrigues (bateria), a banda está na estrada desde 1979 e é um dos destaques do pop mineiro.
 
O repertório do show, no Sesc Palladium, reúne músicas que não costumam ser tocadas nos shows – Além paraíso, Doce loucura e Vale do Pavão, entre outras do "lado B" –, além de canções dos grupos O Terço e Bendengó, além de Sá & Guarabyra e Beto Guedes.
 
O baixista Sérgio Magrão diz que é grande a expectativa para mostrar o resultado de dois meses de ensaios. “Estávamos há 10 anos sem gravar, pois já tínhamos um show montado muito bom. Isso não nos permitia ir ao estúdio como estamos fazendo agora", explica. Fundador da banda, Flávio Venturini pode participar do show desta noite. O compositor deixou o grupo em 1987, mas, volta e meia, sobe ao palco com o 14 Bis.
 
A apresentação desta sexta-feira terá a participação de Celso Nascimento (percussão) e de Cezar de Mercês (voz e violão), que integrou a banda O Terço, ícone do rock progressivo nacional, assim como Flávio Venturini.

PAIS E FILHOS Com 39 anos de carreira, a banda assiste à renovação de seu público, diz Magrão. Os shows costumam reunir filhos dos antigos fãs. “De modo geral, 40% da plateia têm de 15 a 25 anos, isso nos locais onde tocamos com mais frequência”, conta o baixista. “Não me ofendo quando falo que sou do 14 Bis e a pessoa me diz que a mãe ou o pai me ouve. É muito interessante, eles vão juntos aos shows."
 
A renovação se deve também à internet, que facilita a interação do fã com o artista, além de divulgar o trabalho da banda. “Outro dia, estava em um restaurante japonês. Um cara que me conhecia conversou com o garçom, que já veio me atender sabendo tudo sobre mim, pois tinha pesquisado no Google”, diverte-se o baixista.
 
Magrão lembra que a tecnologia transformou o mercado musical. Hoje em dia, discos podem ser gravados pelo artista dentro da própria casa, observa. Porém, nada substitui o "corpo a corpo" com os fãs. Tanto é que, depois do show desta noite, a banda segue para Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas. Amanhã, o 14 Bis se apresentará no projeto Encontro marcado ao lado de Flávio Venturini e da dupla Sá & Guarabyra.
 
O show que estreia nesta sexta-feira em BH renderá CD e DVD no formato acústico, que serão gravados em maio, em São Paulo, informa Sérgio Magrão.
 
14 BIS – ACÚSTICO AO VIVO
Nesta sexta-feira (6), às 21h. Convidados: Com Cezar de Mercês (voz e violão) e Celso Nascimento (percussão). Sesc Palladium. Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3270-8100. Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada). 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA