Musicais brasileiros vão de Carinha de anjo à Lava-Jato

Desde o boom dos musicais no Brasil, a partir de 2000, chega ao palco uma grande variedade de produções

por Ana Clara Brant 13/03/2018 08:00

 

Caio Gallucci/divulgação
Musical levou para os teatros brasileiros a telenovela infantojuvenil Carinha de anjo, exibida pelo SBT/Alterosa (foto: Caio Gallucci/divulgação)
O fantasma da ópera, que estreou em janeiro de 1988, é o musical mais longevo da Broadway. Boa parte dos grandes espetáculos do gênero – entre eles, Cats, Hair, My fair lady e Os miseráveis –  está há anos em cartaz e foi encenada em vários países. Desde o boom dos musicais no Brasil, a partir de 2000, chegou ao palco uma grande variedade de produções – sejam elas importadas, biográficas (dedicadas a Tim Maia, Elis Regina e Chacrinha, por exemplo) ou abordando temas sem qualquer relação com a música.

O Brasil assiste à adaptação musical de novelas (Os dez mandamentos, Carinha de anjo, Vamp), de um filme (Se eu fosse você), da trajetória de um ídolo das pistas (Ayrton Senna) e até da maior operação anticorrupção da história do país. Lava-Jato – O musical, com estreia prometida para o segundo semestre, é uma produção do carioca Judson Feitosa.

 

https://www.youtube.com/watch?v=bWJO15jAV1Q
 


“Sempre acreditei que a política deveria e deve ser um assunto de todos nós, cidadãos, e não apenas dos políticos profissionais. Afinal, o país é nosso. Contudo, como brasileiros, temos uma característica muito peculiar: a resiliência, manifestada pela capacidade de rir das nossas mazelas”, afirma.

De acordo com Judson Feitosa, o enredo de sua comédia musical mostrará um “espelho” ao público para que ele tanto possa rir quanto refletir a partir de questões levantadas pela dramaturgia. “Obviamente, não assumo uma posição no texto e nem ofereço respostas. O maniqueísmo seria uma armadilha para a minha proposta artística. Ofereço perguntas para que os espectadores sejam livres para chegar às próprias conclusões”, diz.

O diretor e produtor está captando recursos para a montagem, que, acredita, conseguirá se viabilizar. “Não é melhor fazer um musical que fale sobre nós, brasileiros? Afinal, por que oferecer mais do mesmo para o público? Isso não é bom para a plateia, que não se enriquece artisticamente, e nem para a atividade do teatro musical, que acaba se tornando tediosa e perdendo público. O espectador quer novidade, ser surpreendido.”

Feitosa nega o caráter oportunista do trabalho. “Francamente, se for tachado por ter senso de oportunidade, vou me sentir lisonjeado”, diz. Ele chegou a declarar que a cena de abertura seria a chegada do ex-governador Sérgio Cabral à prisão em Bangu. Porém, informa que alterou o roteiro e chegou à versão final, “uma metalinguagem”. Ou seja, Lava-Jato – O musical é uma peça dentro de uma peça.

De acordo com o diretor, trata-se da história de um grupo de atores que querem falar sobre a atualidade brasileira. “Posso adiantar que em dado momento até mesmo eu, o autor, sofrerei pedido de impeachment por parte dos personagens que criei (risos). Vamos ter personagens fictícios inspirados em figuras públicas”, adianta ele, que compôs toda a trilha sonora: “São paródias de canções marcantes de outros musicais e de canções brasileiras bastante populares.”

 

https://www.youtube.com/watch?v=DA4Bjz_hncE


INDÚSTRIA Com quase 20 anos de experiência no ramo – atuando, dirigindo, escrevendo ou produzindo –, Beto Marden acredita que tudo pode se transformar em musical. Ele diz respeitar todos os tipos de trabalho, sobretudo em uma indústria que ainda está se formando, como a brasileira.

Responsável pela coordenação artística de musicais inspirados nas novelas Os dez mandamentos (Record) e Carinha de anjo (SBT/Alterosa), Marden não vê problemas em aproveitar o êxito televisivo e levá-lo para os palcos.

“É natural que se faça isso em tudo o que envolve sucessos de produção artística. Esta é a hora. Não tem nada de oportunismo, pelo menos no sentido pejorativo. Temos que aproveitar a oportunidade de fazer no momento certo”, defende.

 

https://www.youtube.com/watch?v=IOvb11RPraE
 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA