Tim Bernardes apresenta show solitário do disco solo 'Recomeçar'

Vocalista da banda O Terno, ele sobe ao palco do Teatro Bradesco com as músicas que o tornaram a revelação de 2017

por Guilherme Augusto* 08/03/2018 10:50

Fábio Politi/Divulgação
O cantor e compositor Tim Bernardes apresenta show de seu álbum solo 'Recomeçar'. (foto: Fábio Politi/Divulgação)

Apesar de estar presente na música brasileira desde 2012, quando lançou o primeiro disco da banda O Terno, Tim Bernardes encerrou 2017 como uma das revelações do ano. O motivo? Recomeçar, disco solo lançado em setembro, no qual assume as posições de compositor, produtor arranjador e intérprete. Após passar por São Paulo e Rio de Janeiro com ingressos esgotados, ele apresenta o repertório em Belo Horizonte nesta quinta-feira (8), no Teatro Bradesco.

No show, Tim tem a tarefa de preencher a ausência dos companheiros de banda, o baixista Guilherme D’Almeida e o baterista Biel Basile, e toca os arranjos intimistas de suas canções em dois instrumentos: piano e guitarra. Muito embora no disco as canções tenham arranjos elaborados, para as apresentações, ele optou por tocá-las da maneira mais genuína, tentando recapturar e reproduzir o momento em que elas foram compostas.

“É menos como um show de música e mais como o show de compositor”, analisa o músico, de 26 anos. “O cenário, por exemplo, é bem simples e traz esse clima de quarto, com uma iluminação feita com abajures”. O paulistano apresentará as 13 canções que compõem o trabalho, o que inclui os singles Tanto faz e As histórias do cinema.

Longe de ser um trabalho que encerra o power-trio O Terno, Recomeçar foi a maneira que Tim encontrou para experimentar a solidão na produção musical. “Quando resolvi fazer um disco solo, tinha duas grandes vontades: estar no estúdio sozinho e ter o poder de decidir como as coisas deveriam ser”, comenta ele. “Por isso, no show, não tento reproduzir o disco. Minha intenção é que a letra ganhe mais espaço e a música fale por si.”

Para tanto, as músicas chegam carregadas de significado e são marcadas pelo tom da decepção amorosa. Se n’O Terno Tim assume uma persona tragicômica, em músicas que transitam entre a psicodélico e o rock dos anos 1970, sozinho ele se estabelece na tristeza e depura o fim na maioria das canções.

“Gosto muito de experimentar coisas que ainda não fiz, e acho muito bonito fazer as coisas dessa maneira, exposta”, explica. “Quando pensei, pela primeira vez, em fazer um disco solo, eu não tinha isso de uma forma convicta. No comecinho d’O Terno, tinha uma música ou outra que não se encaixava no repertório do grupo. Ao longo do tempo, isso foi ficando cada vez mais estruturado e, quando a gente gravou o (disco) Melhor do que parece (2016), senti que era a hora de partir para o Recomeçar e que tudo deveria ser feito com calma”, conta.

O resultado, além de celebrado, estabelece o cantor e compositor como um dos principais nomes da música independente do Brasil em um cenário marcado por bandas autorais. A estreia solitária de Tim prova que um músico pode ser muito mais do que o front-man de uma banda bem-sucedida, mas um verdadeiro artista.

 

Abaixo, confira o single Tanto faz

 

 

* Estagiário sob a supervisão do subeditor Pablo Pires Fernandes

TIM BERNARDES

Show de lançamento do disco Recomeçar. Quinta-feira (8), às 21h. Teatro Bradesco, Rua da Bahia, 2.244, Lourdes, (31) 3516-1360. Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). À venda pelo site Eventim.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA