Lady Gaga garante que não usará vestido de carne no Super Bowl 2017

A cantora se apresenta no Show de Intervalo da final da Liga de Futebol Americano no próximo domingo (5)

por Estado de Minas 03/02/2017 12:48
Interscope Records/Divulgação
Lady Gaga se apresenta no Super Bowl 2017. (foto: Interscope Records/Divulgação)

Lady Gaga participou de uma coletiva de imprensa na tarde da última quinta-feira (2), para falar sobre sua apresentação no Show de Intervalo do Super Bowl 2017, que acontece no próximo domingo (5), em Houston, no Texas. Apesar da aparição, a cantora não revelou o que está preparando para a performance e declarou: ''Eu não vou dizer o que eu vou fazer... Vocês terão de esperar e ver''. 

Lady Gaga foi questionada sobre o anúncio feito por Beyoncé, que revelou estar grávida de gêmeos. As duas já trabalharam juntas duas vezes, nas músicas Telephone e Video phone. Gaga revelou que Beyoncé, uma veterana do Super Bowl, tendo participado por dois anos, em 2013 e 2016, foi uma grande inspiração e lhe deu boas dicas sobre como fazer a performance. A cantora revelou ter enviado flores para a amiga quando soube da notícia de que elea estava grávida. 

Os repórteres presentes perguntaram se ela tinha alguma aposta para quem iria ganhar o jogo de domingo, ao que ela desconversou, dizendo que só saberia dar uma opinião no domingo. 

O que ela julgou oportuno divulgar é que não haverá nenhum vestido de carne, o que pode significar que ela não irá adotar roupas extravagantes, como vem fazendo desde o lançamento de seu álbum mais recente, Joanne (2016). 

RUMOR
Na última semana, uma rádio americana, a 99.7 NOW, da CBS, divulgou uma suposta lista de músicas que serão apresentadas pela cantora. Normalmente, os artistas que se apresentam no Super Bowl escolhem os maiores sucessos de sua carreira para entreter o público. Segundo o locutor Christian Saad, a apresentação terá sete músicas: Bad romance, Poker face, Born this way, Applause, The edge of glory, A-yo e John Wayne. O locutor também adianta que Lady Gaga irá usar a visibilidade do evento para defender os direitos LGBT.

No último dia 23 de janeiro, a revista Forbes divulgou uma matéria falando que a NFL (Liga de Futebol Americano) não pagará cachê para que Lady Gaga se apresente no Super Bowl. Contudo, isso não será problema. O evento é visto como uma ''exposição valiosa'' para a cantora. Os 100 milhões de espectadores esperados podem alavancar as vendas de seu álbum mais recente bem como os ingressos de sua turnê. 
 
ROCK IN RIO 
A revista norte-americana US Weekly anunciou na última segunda-feira, 30, que Lady Gaga irá revelar as datas de sua nova turnê um dia depois da apresentação, ou seja, na segunda-feira, 06. Na internet, fãs especulam que a cantora seja uma das atrações do Rock in Rio, que acontece em setembro, no Rio de Janeiro, e ainda não divulgou toda a lista de atrações. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA