Harvey Weinstein: vídeos mostram que abusos eram motivos de piadas

Piadas em série e comentários cruéis em talk shows, imagens mostras que um dos maiores escândalos da indústria do entretenimento já eram de conhecimento geral

por Correio Braziliense 16/10/2017 17:02

NBC/Divulgação - VALERY HACHE - Reprodução
Prevendo o futuro? (foto: NBC/Divulgação - VALERY HACHE - Reprodução)
No começo do mês, dia 5, uma reportagem do jornal norte-americano The New York Times apontou o empresário Harvey Weinstein como autor de uma série de abusos a jovem atrizes. Em um efeito dominó, várias profissionais foram a público denunciar Weinstein e a lista de consequências para do dono de um dos maiores estúdios de Hollywood continua crescendo.

Após ser expulso da academia do Oscar, no último sábado (14), Weinstein agora tem de enfrentar a perda da sua companhia. Segundo o portal Variety, a Weinstein Co. está elaborando um plano de transição, que inclusive já teria sido entregue a investidores.

Entre todas essas consequências, fica uma pergunta: como o empresário perpetuou tantos anos de abusos sem ser notado? A explicação é que talvez ele não tenha. Diversos acontecimentos mostram que os desmandos de Weinstein já eram bem conhecidos de Hollywood, por vários anos.

A série Entourage, exibida entre 2004 e 2011 pelo canal HBO, sobre um grupo de jovens atores apresentou – ao longo de sua trama – um personagem bastante inusitado: Harvey Weingar. O importante manda chuva de Hollywood era interpretado como uma pessoa sem escrúpulos, que tem prazer em humilhar outros e acha que nunca, nada poderá detê-lo.

30 rock, série de comédia exibida entre 2006 e 2013 pelo canal norte-americano NBC, que mostra os bastidores de um programa fictício, não poderia ter sido mais clara em uma piada sobre Weinstein. Na esquete abaixo é possível ver a personagem Jenna (interpretada por Jane Krakowski) decidida a denunciar seu chefe pelos seus abusos, afirmando que “não tinha medo dos poderosos do show Business”, e que tinha sucumbido as investidas de Weinstein “apenas 3, das 5 tentativas”.

Em 1998, em uma entrevista para o talk show do apresentador David Latterman, a atriz Gwyneth Paltrow lembrou o fato de que Weinstein conseguia ser “persuasivo”. A atriz afirmou: “Eu faço todos os meus filmes pela Weinstein Co., então eu sei, ele pode ser coercitivo com você”.

 

 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MEXERICO