Justiça do Rio reabre caso de Justin Bieber

Cantor foi denunciado pelo Ministério Público fluminense por crimes contra o ordenamento urbano e o patrimônio cultural em 2013

por Agência Estado 23/03/2017 08:37
Def Jam
(foto: Def Jam)
A Justiça do Rio reabriu o processo contra o cantor canadense Justin Bieber, de 23 anos, que estará na cidade no dia 29 para um show. Bieber foi denunciado pelo Ministério Público fluminense por crimes contra o ordenamento urbano e o patrimônio cultural em 2013. Ele fora flagrado pichando o muro de um hotel em São Conrado, na zona sul do Rio. Em 2015, a ação foi suspensa, sob alegação de que não fora possível fazer diligências, "uma vez que o acusado reside em outro país".

A decisão da reabertura foi tomada na terça-feira, 21, pelo juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal do Rio, a pedido do Ministério Público. Segundo a decisão, Bieber terá de ser notificado da reabertura do processo, com o uso de força policial, se preciso.

O cantor se apresentará na Praça da Apoteose para um show da sua turnê Purpose World Tour. Depois, segue para São Paulo, onde se apresenta em 1º de abril, no Allianz Parque.

A passagem do cantor pelo Rio em 2013 foi conturbada. Além do episódio de pichação, Bieber também visitou uma casa de prostituição e foi barrado no Hotel Copacabana Palace, para onde tentou levar mulheres. Foi também denunciado pelo fotógrafo Manuel Munoz, que acusava os seguranças do cantor de agredi-lo, em Miami Beach.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO