Iphan autoriza construção de torres de Silvio Santos em São Paulo

Grupo Silvio Santos poderá construir prédios residenciais de mais de 100 metros de altura no entorno do Teatro Oficina

por Estadão Conteúdo 30/05/2018 18:24

Reprodução/Twitter
(foto: Reprodução/Twitter)
O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) autorizou, em reunião nesta terça-feira, 29, o projeto da Sisan, do Grupo Silvio Santos, a erguer torres residenciais de mais de cem metros de altura no entorno do Teatro Oficina, sede da companhia de Zé Celso, no bairro do Bixiga, em São Paulo. 

A decisão do órgão, vinculado ao Ministério da Cultura, era a última que faltava no embate entre Silvio Santos e o Oficina, que já dura 38 anos. O projeto arquitetônico da italiana Lina Bo Bardi que foi tombado em nível estadual em 1983 e no federal em 2010, pelo próprio Iphan, traz a imensa janela lateral que seria "encaixotada" pelas torres de Silvio Santos. Em novembro de 2017, o Condephaat reverteu o tombamento para nível estadual.


No início do ano, um encontro foi realizado com Silvio Santos, Zé Celso e o ex-prefeito João Dória para negociação. O Oficina chegou a propor, sem sucesso, a construção de um parque público ou a troca do terreno por outro de propriedade da prefeitura.

Reprodução/GoogleMaps
O Teatro Oficina, sede da companhia de Zé Celso, é tombado desde 2010 e localizado no bairro do Bixiga (foto: Reprodução/GoogleMaps)
 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE E-MAIS