Teatro Kleber Junqueira comemora 10 anos com festa nesta quarta, no Bairro Calafate

Espaço cultural tem planos para criação de escola teatral com formação de mão de obra técnica

por 15/01/2014 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MARIA TEREZA CORREIA/EM/D.A PRESS
Kleber Junqueira convida o público para celebrar uma década do teatro que leva seu nome (foto: MARIA TEREZA CORREIA/EM/D.A PRESS)

No dia em que se comemora 10 anos de existência do espaço, a festa no Teatro Kleber Junqueira será com e para o público da região do Bairro Calafate. Quarta-feira, às 19h, os vizinhos podem chegar porque tem apresentação de Marcelino pão e vinho com entrada franca. “O que manteve o teatro durante esses 10 anos foi a fidelidade do público que nos assiste”, comenta o diretor de produção Éder Paulo. Então, não teria como a celebração ser com uma plateia diferente.


O espaço, inaugurado em 2004 com a “cara e a coragem” do ator e diretor Kleber Junqueira, tem 500 lugares. Desde que abriu, o local tem alcançado números impressionantes, como o público de 500 mil espectadores em uma década de atividades. Parte desse feito se deve a uma bem-sucedida parceria com escolas das redes particular e pública de ensino no projeto Teatro para todos. “Recebemos escolas de 20 cidades da região metropolitana. As pessoas se mobilizam, saem de suas casas. Tudo é muito comovente”, diz Kleber.


Remontada em outubro do ano passado, a peça 'Marcelino' pão e vinho tem no elenco Samuel Melo, José Lima, Raimundo Farinelli, Ronildo Arimatéia, Kadu Barcelos e Felipe Martins, além do próprio Kleber Junqueira. Como são frequentes nos trabalhos do diretor, os cenários são grandiosos. A trama gira em torno da história de um menino abandonado na porta de um mosteiro. “Para este espetáculo construímos uma réplica de seis metros de um mosteiro franciscano do início do século 20. São dois andares e as cenas ocorrem simultaneamente”, conta Éder. Outro detalhe interessante da montagem é que também chove em cena por quase sete minutos.


Antes de se transformar em uma sala de espetáculos, o endereço da Rua Platina, 1.827 era ocupado por um cinema. Marcelino pão e vinho, o filme espanhol dirigido por José María Sánchez Silva, obra que inspira a peça, esteve em cartaz por lá. “Muitos vizinhos, que depois se casaram e constituíram família, assistiram ao filme no Cine São José”, diz Éder. “É muito legal receber as avós levando os netos ao teatro. Tivemos situações de três, quatro gerações indo juntas”, diz Kleber.

Dentro dos planos de expansão do Teatro Kleber Junqueira está a criação de uma escola de teatro voltada não apenas para a atuação, mas também para a formação de mão de obra técnica. A ideia é colocá-la para funcionar ainda este ano, mas o início da operação vai depender de patrocínio. De acordo com Kleber, também está prevista uma reforma do espaço para ampliar o palco. Com isso, as criações da companhia residente poderão conviver com outras produções da cidade. (CB)

 

MARCELINO PÃO E VINHO
Quarta-feira, às 19h. Teatro Kleber Junqueira, Rua Platina, 1.827, Calafate, (31) 3332-9460. Entrada franca. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS