2ª Bienal Internacional Graffiti Fine Art começa dia 22 em São Paulo

Proposta do evento é traçar panorama dos mais diversos estilos, técnicas e conceitos do grafite

01/01/2013 08:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MuBe/Divulgação
(foto: MuBe/Divulgação)
O Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) abre, dia 22, em São Paulo, a segunda edição da Bienal Internacional Graffiti Fine Art. A proposta do evento, principal projeto autoral do museu, é traçar panorama dos mais diversos estilos, técnicas e conceitos do grafite, com trabalhos de artistas nacionais e estrangeiros reconhecidos na arte urbana mundial.

Entre os nomes internacionais de destaque, Kongo, ECB, Kress, Daze e Wernz, além dos brasileiros Nunka, Speto, Finok, DMS e Minhau - que vai construir uma instalação de um gato em madeira com cerca de quatro metros. Os artistas apresentarão painéis, instalações, telas, fotografias, pinturas e esculturas, além de intervenções em dois carros.

A primeira edição da bienal foi promovida em setembro de 2010 e apresentou a história do grafite no Brasil e no mundo, suas influências com diferentes movimentos artísticos do século 20, sua relevância na contemporaneidade e suas manifestações culturais e artísticas diretamente relacionadas à cultura urbana.

Renata Junqueira, diretora de Relações Internacionais do MuBE e idealizadora da bienal, avisa que este ano serão 50 artistas, que vão apresentar obras coletivas e individuais, todas inéditas.

2ª Bienal Internacional Graffiti Fine Art
De 22 de janeiro a 24 de fevereiro, de terça a domingo, das 10h às 19h. Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), Av. Europa, 218. São Paulo. Entrada franca. Informações: (11) 2594-2601, mube@mube.art.br e www.mube.art.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS