Espaço do grupo Esquyna tem se tornado cantinho da arte no Sagrada Família

Projeto de ocupação do local já atraiu 1,7 mil pessoas

31/10/2012 09:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Tiago Penna/divulgação
Teatro do Esquyna pode receber 60 espectadores (foto: Tiago Penna/divulgação)
 

O projeto Ocupação do Esquyna já atraiu 1,7 mil pessoas ao espaço cultural do Bairro Sagrada Família. O objetivo dos organizadores é aproximar os moradores daquela região do trabalho de criação cênica. O público pôde conferir 11 espetáculos, 20 cenas curtas, bate-papos e o 1º Festival de Teatro em Miniatura de BH, o Festim.

 

Aos poucos, a pequena sala, com capacidade para receber 60 espectadores, vai se transformando em referência cultural da comunidade da Região Leste.

A partir do fim de semana, o projeto vai contemplar produções voltadas para a dramaturgia autoral. Sexta-feira, entra em cartaz a peça Suba na vida! e, no fim de novembro, será a vez de Talismã.

O inusitado encontro de quatro mulheres é o tema central de Suba na vida!, que aborda o universo da cultura de massa e do cotidiano urbano. A peça participou do 10º Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto e da 5ª Mostra Cena Breve Curitiba.

 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS