Fernando Brant conversa com leitores no projeto Bate-papo com o autor

Autor fala sobre o livro Casa aberta

22/05/2012 11:06

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Maria Tereza/Correia/EM/D.A Press
(foto: Maria Tereza/Correia/EM/D.A Press )
 
Fernando Brant participa nesta terça-feira do projeto Bate-papo com o autor, na Academia Mineira de Letras. Ele conversa sobre seu livro Casa aberta, que reúne cinco anos de crônicas publicadas no Estado de Minas. Brant garante que o evento será descontraído. “Quando me convidaram, disseram que era conversa, aí sim eu vou, porque avisei que palestra não dou. Conversa tudo bem”, brinca o autor e compositor.
 
De acordo com Brant, Casa aberta é dividido em segmentos. “O primeiro é ‘Travessia’, que fala de amigos e familiares. Em ‘Sou de Minas’ estão as coisas que escrevi sobre Minas, que vem seguido de ‘Sou do mundo’. ‘Coração civil’ é a coisa do cidadão e ‘Saídas e bandeiras’ um pouco de política. Por fim, ‘Encontros e despedidas’ é mais sobre pessoas com quem convivi”, resume o escritor e compositor.
 
Livre para criar e sem tema fixo, o cronista que existe em Fernando Brant faz questão de inventar assuntos de acordo com o que vive. “Trato de tudo. Coisas que vivo, vejo, escuto, leio converso”, diz. Afinal, isso é crônica. A organização do livro é da professora de literatura Cristiane Brasileiro, e as ilustrações, de Sebastião Nunes. O Bate-papo com o autor com Fernando Brant será às 19h30, na Academia Mineira de Letras, à Rua da Bahia 1.466, Lourdes. Como sempre ocorre no projeto, os primeiros a chegar poderão comprar o livro por R$ 5. A entrada é franca. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS