Onlyfans anuncia fim de conteúdo explícito em sua plataforma

Site que bombou com criadores de conteúdo adulto ajusta suas diretrizes, mas ainda deve liberar nudez

Divulgação
OnlyFans vai banir todo o conteúdo 'sexualmente' explícito da plataforma a partir de outubro (foto: Divulgação)
 

O OnlyFans, plataforma que permite ao criador cobrar o público por conteúdo divulgado, anunciou uma mudança importante em suas diretrizes nesta quinta-feira (19/08). O site vai banir todo conteúdo que seja "sexualmente explícito" a partir do dia 1 de outubro.

 

Segundo a própria plataforma, mesmo com a importante alteração, ainda será possível publicar conteúdos que tenham nudez, caso estejam seguindo as políticas de uso do serviço. A decisão por retirar os conteúdos explícitos do site se deu após pedidos de parceiros financeiros.

 

"Para garantir a sustentabilidade da plataforma a longo prazo e continuar a hospedar uma comunidade inclusiva de criadores e fãs, devemos evoluir nossas diretrizes de conteúdo", disse a OnlyFans em nota oficial.

 

O site existe desde 2016, mas cresceu consideravelmente a partir da pandemia de COVID-19, que impulsionou o isolamento social em todo o mundo. Segundo dados da própria plataforma, o OF conta com 130 milhões de usuários e 2 milhões de criadores de conteúdo.

 

O Brasil, que está entre os 20 países mais consumidores de conteúdo adulto no mundo, é representado pelos mais diversos tipos de criadores na plataforma; de Anitta ex-BBB, como Wagner Santiago. Outros nomes como Mulher Melão, Suzy Cortes e Pat Beijo, ex-apresentadora infantil, também estão na plataforma.