Queridinhos testam poder de fogo no Globo de Ouro; veja principais indicados

Globo de Ouro realiza hoje sua 76ª edição, na abertura da temporada de prêmios em Hollywood

por Mariana Peixoto 05/01/2019 23:03

ANTHONY HARVEY/AFP
(foto: ANTHONY HARVEY/AFP )

Um tom meio Davi e Golias deverá marcar o 76º Globo de Ouro neste domingo (6), no Beverly Hilton Hotel, em Los Angeles. Tradicionalmente, a premiação da Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood abre a temporada de troféus para os melhores do cinema e da televisão – é a primeira das cerimônias televisionadas do ano. No Brasil, a transmissão será pelo canal TNT.

Vice, a cinebiografia do vice-presidente americano Dick Cheney, é a campeã de indicações, com seis categorias – estranhamente, foi indicada como comédia. Mas dificilmente Nasce uma estrela e Bohemian Rhapsody, dois sucessos de bilheteria (o primeiro também fez bonito na crítica; o segundo dividiu opiniões), sairão sem prêmios.

Tanto o filme dirigido e protagonizado por Bradley Cooper (que teve ao seu lado uma surpreendente Lady Gaga) quanto a história que acompanha a trajetória de Freddie Mercury e do Queen entraram na categoria de drama, a principal do Globo de Ouro – Nasce uma estrela está indicado em cinco categorias e Bohemian Rhapsody, em duas. Ainda que sejam narrativas dramáticas, os dois são musicais – e seus pontos altos são justamente os momentos de palco. E o Globo de Ouro, bem sabemos, divide suas indicações nas categorias drama e musical/comédia.

Muitas apostas estão em Nasce uma estrela como melhor filme do ano – caso isso se concretize, um caminho e tanto já terá sido andado para o Oscar. Lady Gaga também é apontada como melhor atriz. Já Rami Malek, corpo, trejeitos e dentes (muitos) à la Freddie Mercury, deve tirar o troféu de melhor ator de Cooper.

 

NA DISPUTA
Confira os indicados nas principais categorias do Globo de Ouro


Principais categorias
CINEMA
>> Melhor filme – drama
Pantera Negra
Infiltrado na Klan
Bohemian Rhapsody
Se a Rua Beale falasse
Nasce uma estrela

>> Melhor filme  
comédia ou musical
Podres de ricos
O retorno de Mary Poppins
Vice
Green Boook – O guia
A favorita

>> Melhor ator – drama
Bradley Cooper (Nasce uma estrela)
Willem Dafoe (No portal da eternidade)
Lucas Hedges (Boy erased: Uma 
verdade anulada)
Rami Malek (Bohemian Rhapsody)
John David Washington (Infiltrado na Klan)

>> Melhor atriz – drama
Glenn Close (A esposa)
Lady Gaga (Nasce uma estrela)
Nicole Kidman (O peso do passado)
Melissa McCarthy (Poderia me perdoar?)
Rosamund Pike (A private war)

>> Melhor ator
comédia ou musical
Christian Bale (Vice)
Lin-Manuel Miranda (O retorno de 
Mary Poppins)
Viggo Mortensen (Green Book – O guia)
Robert Redford (The old man & the gun)
John C. Reilly (Stan & Ollie)

>> Melhor atriz   
comédia ou musical
Emily Blunt (O retorno de Mary Poppins)
Olivia Colman (A favorita)
Elsie Fisher (Oitava série)
Charlize Theron (Tully)
Constance Wu (Podres de ricos)

>> Melhor ator coadjuvante
Mahershala Ali (Green Book – O guia)
Timothee Chalamet (Querido menino)
Adam Driver (Infiltrado na Klan)
Richard E. Grant (Poderia me perdoar?)
Sam Rockwell (Vice)

>> Melhor atriz coadjuvante
Amy Adams (Vice)
Claire Foy (O primeiro homem)
Regina King (Se a Rua Beale falasse)
Emma Stone (A favorita)
Rachel Weisz (A favorita)

>> Melhor diretor
Bradley Cooper (Nasce uma estrela)
Alfonso Cuarón (Roma)
Peter Farrelly (Green Book – O guia)
Spike Lee (Infiltrado na Klan)
Adam McKay (Vice)

>> Melhor filme em língua estrangeira
Capernaum (Líbano)
Girl (Bélgica)
Never look away (Alemanha)
Roma (México)
Assunto de família (Japão)

TELEVISÃO
>> Melhor série – drama
The Americans (FX)
Segurança em jogo (Netflix)
Homecoming (Amazon)
Killing Eve (BBC America)
Pose (FX)

 

>>Melhor ator – drama
Jason Bateman (Ozark)
Stephan James (Homecoming)
Richard Madden (Segurança em jogo)
Billy Porter (Pose)
Matthew Rhys (The Americans)


>> Melhor atriz – drama
Caitriona Balfe (Outlander)
Elisabeth Moss (O conto da aia)
Sandra Oh (Killing Eve) 
Julia Roberts (Homecoming)
Keri Russell (The Americans)

>> Melhor série
comédia ou musical
Barry (HBO)
The good place (NBC)
Kidding (Showtime)
O método Kominsky (Netflix)
The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)

>> Melhor ator
comédia ou musical
Sacha Baron Cohen (Who is America)
Jim Carrey (Kidding)
Michael Douglas (O método Kominsky)
Donald Glover (Atlanta)  
Bill Hader (Barry)

>> Melhor atriz
comédia ou musical
Kristen Bell (The good place)
Candice Bergen (Murphy Brown)
Alison Brie (Glow)
Rachel Brosnahan (The marvelous Mrs. Maisel)
Debra Messing (Will & Grace)

>> Melhor série limitada ou telefilme
The alienist (TNT)
O assassinato de Gianni Versace: American crime story (FX)
Escape at Dannemora (Showtime)
Objetos cortantes (HBO)
A very english scandal (Amazon)

>> Melhor ator de série limitada ou telefilme
Antonio Banderas (Genius: Picasso)
Daniel Bruhl (The alienist)
Darren Criss (O assassinato de Gianni Versace: American crime story (FX))
Benedict Cumberbatch (Patrick Melrose)
Hugh Grant (A very english scandal)

>> Melhor atriz de série limitada ou telefilme
Amy Adams (Objetos cortantes)
Patricia Arquette (Escape at Dannemora)
Connie Britton (Dirty John)
Laura Dern (O conto)

Regina King (Seven seconds) 


PANTERA NEGRA
Outro blockbuster muito cotado é Pantera Negra (três indicações). Primeira produção de herói indicada na categoria de melhor filme, o longa da Marvel já havia feito história em seu lançamento – com elenco e diretor negros, tornou-se uma febre mundial. Com a força do super-herói negro, o melhor filme dos indicados em drama, Infiltrado na Klan, que traz Spike Lee em ótima forma, poderá ficar sem prêmios.

Do lado dos Davis, A favorita, com estreia prevista para 24 deste mês no Brasil, pode levar os troféus de atriz para comédia. Olivia Colman (a nova rainha Elizabeth da série The crown) vive outra monarca no filme do grego Yorgos Lanthimos. Ela é a rainha Ana, que, na Inglaterra do século 18, tem um caso com a duquesa de Marlborough (Rachel Weisz, forte candidata a atriz coadjuvante).

Outra produção de menor porte é Se a Rua Beale falasse (no Brasil a partir do dia 24), mais recente filme de Barry Jenkins, que dirigiu o vencedor do Oscar Moonlight: Sob a luz do luar. O drama, uma adaptação de um romance do escritor James Baldwin, conta a história de um jovem casal negro apaixonado que vive no Harlem nos anos 1970.

Das seis categorias a que está indicado, Vice deve certamente levar o prêmio em uma: ator para Christian Bale. Agora, indiscutível mesmo é o prêmio para filme estrangeiro. Roma, a produção mexicana dirigida por Alfonso Cuarón (que pode levar a melhor como diretor) para a Netflix, é a única unanimidade. Um eventual prêmio tem potencial não apenas para fortalecer a jornada do filme rumo ao Oscar, mas principalmente para intensificar a briga entre as cadeiras de cinema e as plataformas de streaming.

DISPUTA DE TV GANHA PESO
A migração de grandes atores, diretores e roteiristas para a televisão e as plataformas de streaming fez os prêmios para séries, minisséries e telefilmes cresceram em peso. Pois neste ano o Globo de Ouro tem Julia Roberts, Michael Douglas, Amy Adams, Hugh Grant e Benedict Cumberbatch, atores em geral muito mais vistos na tela grande do que na telinha, na parada pelos prêmios de TV.

A maior parte das produções indicadas está disponível no Brasil. Homecoming, da Amazon, de longe a série mais inventiva de 2018, pode levar a melhor em drama. Protagonizada por Julia Roberts, a produção acompanha, em dois momentos temporais, uma instalação do governo americano criada para “tratar” os soldados que retornam da guerra e “adequá-los” ao convívio civil no retorno para casa.

Mas se seguir a vontade do público, o prêmio de melhor série será para The Americans, que nunca ganhou um Globo de Ouro e terminou em 2018 em alta, após seis temporadas. Em recente pesquisa, 2 mil leitores do Hollywood Reporter deram a preferência à produção sobre dois espiões russos que vivem como americanos nos EUA dos anos 1980. Mas, vale dizer, o Globo de Ouro tem como votantes pouco mais de 100 jornalistas estrangeiros.

Depois de perder o Emmy (ela foi a primeira atriz de origem asiática indicada na categoria principal do Oscar da televisão), Sandra Oh deve levar o Globo de Ouro de melhor atriz por Killing Eve. Drama com lances cômicos da BBC America (no Brasil, disponível no GloboPlay), acompanha uma agente nada convencional no encalço de uma serial killer. Em alta em Hollywood, Sandra Oh será a apresentadora da noite, ao lado do comediante Andy Samberg.

Três produções poderão dividir os prêmios na seara das comédias. O método Kominsky (Netflix) tem chances de dar, com justiça, os troféus de melhor ator e ator coadjuvante para Michael Douglas e Alan Arkin, respectivamente. Os dois estão impagáveis como uma dupla de velhos amigos, um ator e seu agente, e sua passagem para a velhice.

The marvelous Mrs. Maisel (Amazon), que já papou dois Globos de Ouro em 2018 (série cômica e atriz para Rachel Brosnahan), pode repetir o feito neste ano. Na cola dela está a produção da HBO Barry, comédia indie que levou três prêmios na mais recente edição do Emmy.

ROTEIRO DA CERIMÔNIA EXCLUI POLÍTICA E TRUMP
A organização do Globo de Ouro anunciou um time de estrelas na apresentação dos concorrentes e premiados desta noite. Os mestres de cerimônia serão os atores Sandra Oh (Killing Eve) e Andy Samberg (Brooklyn nine nine). De acordo com uma entrevista que a atriz deu à revista Hollywood Reporter, a cerimônia de 2019 deve tomar distância do tom marcadamente político das edições 2017 (quando Meryl Streep fez um eloquente discurso anti-Trump) e 2018 (que abraçou a pauta do movimento #MeToo).

Oh afirmou não estar “nenhum pouco interessada” em falar sobre Donald Trump. “O que tenho interesse é em chamar a atenção para verdadeiras mudanças. As pessoas podem criticar. Quero focar nisso, porque as pessoas podem desdenhar de Hollywood o quanto quiserem – e há muito para ser desdenhado –, mas nós também fazemos cultura.”

O 76º Globo de Ouro tem feito autopromoção de seu caráter diverso e inclusivo na seleção de concorrentes. Entre os 10 filmes que disputam o troféu (nas categorias drama e comédia ou musical), cinco são dirigidos por negros, um recorde na história da premiação, de acordo com o Guardian.

O filme Pantera Negra será apresentado pelos protagonistas Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o e Chadwick Boseman. A lista completa de apresentadores traz ainda: Allison Janney, Ben Stiller, Catherine Zeta-Jones, Chrissy Metz, Dick Van Dyke, Felicity Huffman, Gary Oldman, Halle Berry, Harrison Ford, Idris Elba, Jamie Lee Curtis, Jessica Chastain, Jim Parsons, Johnny Galecki, Justin Hartley, Kaley Cuoco, Lena Waithe, Mike Myers, Octavia Spencer, Sam Rockwell, Saoirse Ronan, Sterling K. Brown, Taraji P. Henson e William H. Macy.

76º GLOBO DE OURO

O TNT transmite a cerimônia a partir das 22h.Na segunda, a partir das 10h, o programa será reprisado.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CINEMA