Presidente francês pediu retirada de Legião de Honra de Harvey Weinstein

Cinco mulheres acusaram o produtor de estupro, e mais de 20 disseram ter sido assediadas

por AFP 15/10/2017 17:38
Jacques Demarthon/AFP
(foto: Jacques Demarthon/AFP )

O presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou neste domingo ter "iniciado os trâmites" para que se retire a Legião de Honra, maior homenagem francesa, do produtor americano Harvey Weinstein, acusado de assédio sexual e estupro.

"Sim, eu iniciei os trâmites para retirar a Legião de Honra, em todo caso pedi ao chanceler da Ordem que abra um processo disciplinar, ele que tomará a decisão", afirmou Macron em uma entrevista televisionada.

Cinco mulheres acusaram Weinstein, um poderoso produtor de 65 anos, de tê-las estuprado, e mais de 20, incluindo Mira Sorvino, Rosana Arquette, Gwyneth Paltrow, Angelina Jolie e Léa Seydoux, disseram ter sido objeto de assédio sexual.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA