Bingo - O rei das manhãs vai representar o Brasil no Oscar 2018

Decisão foi anunciada nesta manhã pela Academia Brasileira de Cinema

por Estado de Minas 15/09/2017 12:15

JOÃO NAVES/DIVULGAÇÃO
Vladmir Brichta interpreta o personagem principal (foto: JOÃO NAVES/DIVULGAÇÃO)
A Academia Brasileira de Cinema anunciou na manhã desta sexta-feira (15/9), que Bingo - O rei das manhãs será o filme brasileiro na disputa pela indicação ao Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira na premiação da Academia de Hollywood. O longa, dirigido por Daniel Rezende, foi escolhido entre outras 22 produções nacionais e vai concorrer com produções de todo o mundo por uma vaga entre os cinco indicados para a premiação em fevereiro de 2018.

 

A história é uma cinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa exibido durante a década de 1980 na TV brasileira. No papel principal está o ator Vladmir Brichta. O elenco inclui ainda Leandra Leal, Emanulle Araújo, Tainá Muller e Ana Lúcia Torre.

 

Bingo - O rei das manhãs também foi escolhido pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) para representar o Brasil no Prêmio Goya 2018, na Espanha, onde  disputará uma vaga entre os quatro finalistas na categoria Melhor Filme Íbero-Americano. Lançado em 24 de agosto, Bingo já saiu de cartaz nas salas de BH e região. Confira o trailer:

 

 

Mundaças

Depois da polêmica do ano passado provocada pela não seleção de Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, cujo elenco havia protestado em Cannes contra o Impeachment de Dilma Roussef, o Ministério da Cultura resolveu transferir a responsabilidade da escolha do representante nacional para a Acamia Brasileira de Cinema. Esta, por sua vez, montou uma comissão para realziar a seleção, sob a presidência do distribuidor Jorge Peregrino, que concedeu entrevista ao Estado de Minas.

 

Em 2016, o Pequeno segredo, de David Schurmann, foi selecionado.A última vez que o representante brasileiro chegou a ser indicado para o Oscar de melhor filme estrangeiro foi em 1999, com Central do Brasil, dirigido por Walter Salles.

 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA