Produtora explica 'erro histórico' em filme sobre criação do Plano Real

Ponte apresentada no longa só foi criada dez anos depois da época retratada

por Correio Braziliense 22/03/2017 10:05
YouTube/Reprodução
(foto: YouTube/Reprodução)
O trailer de Real: O plano por trás da história mostra uma cena que deixou a internet confusa: a ponte JK, inaugurada em 2002, aparece no filme sobre a história da criação do Plano Real, em 1993.

No entanto, a produtora do filme explicou, em nota, que não houve erro histórico: "Esclarecemos que no filme Gustavo Franco [Emílio Orciollo Netto] passa por ela ao sair da CPI do Banestado, que ocorreu em 2003."

Logo após a divulgação do trailer na última segunda-feira (20/3), os internautas não demoraram a perceber o suposto erro na montagem do trailer e, claro, a situação virou gozação. "Muitos questionam a presença da Ponte JK, inaugurada em 2002, no filme sobre o plano real, ambientado em 1993", comentou um internauta, para concluir no post seguinte. "Trailer do plano real era um falso promo, o enredo são economistas do plano real que viajam no tempo para salvar a economia brasileira em 2017", ironizou.

O longa-metragem é baseado na publicação 3.000 dias no bunker: Um plano na cabeça e um país na mão, escrito por Guilherme Fiuza. A direção é assinada por Rodrigo Bittencourt. O elenco do filme é composto por Emílio Orciollo Netto, que interpreta o economista Gustavo Franco, Bemvindo Sequeira, como o ex-presidente Itamar Franco e Norival Rizzo, na pele de Fernando Henrique Cardoso, à época ministro. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA