'Eu não sou daqui' representa cinema mineiro no Riviera Maya Film Festival do México

Pensado como documentário antes de se tornar ficção, longa é único brasileiro do festival

por Estado de Minas 13/02/2014 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Luiz Felipe Fernandes/Divulgação
'Eu não sou daqui', de Luiz Felipe Fernandes e Alexandre Baxter, está entre os sete selecionados (foto: Luiz Felipe Fernandes/Divulgação)
'Eu não sou daqui', filme dos diretores mineiros Luiz Felipe Fernandes e Alexandre Baxter, é o único representante do Brasil no Riviera Maya Film Festival. O evento, realizado no México, divulgou a lista dos sete filmes em fase de pós-produção selecionados para o RivieraLAB/Work in Progress 2014. Foram 71 projetos inscritos, de 20 países.

 

Entre 11 e 14 de março, produtores, distribuidores e agentes de venda de todo o mundo terão a oportunidade de assistir e alavancar a finalização e a distribuição dos filmes concorrentes. Dois deles receberão prêmios de 200 mil pesos mexicanos (aproximadamente R$ 36 mil).

Primeiro longa-metragem de ficção realizado pelos mineiros Luiz Felipe Fernandes e Alexandre Baxter, 'Eu não sou daqui' é uma produção da Alicate, empresa da qual os dois são sócios ao lado de João Flores. O projeto surgiu de uma pequena matéria de jornal, publicada há sete anos, sobre a inusitada relação entre dois homens solitários: um andarilho e um velho técnico de futebol de várzea.

 

Inicialmente pensado como documentário, o filme acabou se transformando em ficção. Pelo menos em sua maior parte, já que em diversas cenas os diretores optaram por filmar situações reais, inserindo os personagens fictícios no universo cotidiano da periferia da cidade de Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais.

Os atores Rômulo Braga ('Mutum', 'O que se move', e 'Sangue Azul') e Rui Rezende (o antológico professor Astromar da novela 'Roque Santeiro', entre dezenas de filmes e novelas) dão vida aos personagens, inspirados nos protagonistas da história real.

Os outros selecionados são: 'Adventure' (Cazaquistão), de Nariman Turebayev; 'Forastero' (Argentina), de Lucia Ferreyra; 'La maldad' (México), de Joshua Gil Delgado; 'La princesa de Francia' (Argentina), de Matias Piñero; 'Los muertos' (México), de Santiago Mohar Volkow; e 'The iron ministry' (Estados Unidos), de J. P. Sniadecki.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA