Último filme de Hayao Miyasaki, 'Vidas ao vento' ganha data de estreia no Brasil

Longa indicado ao Oscar de Melhor Animação conta história de ícone do Japão na Segunda Guerra

por Bossuet Alvim 24/01/2014 17:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Studio Ghibli/Divulgação
Em setembro, cineasta anunciou ''aposentadoria'' dos cinemas após lançamento de longa no Japão (foto: Studio Ghibli/Divulgação)
Foi somente após receber uma indicação ao Oscar de Melhor Animação que 'Vidas ao vento' ganhou previsão de estreia para o Brasil: 28 de fevereiro é a data a ser guardada pelos fãs do diretor Hayao Miyazaki, segundo a Califórnia Filmes. Lançado no Japão no último mês de julho, o longa fechou 2013 com a maior arrecadação do país em bilheterias — cerca de R$ 265 milhões. Por aqui, ainda não há informações sobre as cidades e salas que receberão projeções da obra.

 

Veja fotos de 'Vidas ao vento'

 

Inspirado em mangá assinado pelo próprio Miyazaki, o longa monta uma cinebiografia romantizada de Jiro Horikoshi, engenheiro responsável pela criação de aviões como o Mistubishi A6M Zero — uma máquina que tornou-se ícone do Exército Imperial durante a Segunda Guerra Mundial.

A partir da trajetória de uma figura histórica, Hayao explora os contrastes entre o Japão de paisagens bucólicas no início do século 20 e a influência dos horrores de um confronto armado no cotidiano de seus personagens.

Studio Ghibli/Divulgação
Vida bucólica entra em colapso em plena Segunda Guerra na obra mais adulta de Miyasaki (foto: Studio Ghibli/Divulgação)
Em setembro, durante o lançamento do filme no Festival de Veneza, representantes do Studio Ghibli anunciaram que 'Vidas ao vento' seria o último longa-metragem de Hayao, que recebeu um Oscar em 2002 por 'A viagem de Chihiro'. Aos 73 anos, com 51 dedicados à arte de desenhar e escrever, o artista japonês confirmou a informação. "Sei que já disse isso muitas vezes antes, mas desta vez falo sério", declarou Miyasaki durante entrevista coletiva em setembro.

 

O artista avisou que encerraria sua carreira no cinema por pelo menos sete ocasiões distintas nos últimos 20 anos. Se concretizasr a intenção em 2014, Hayao Miyasaki deve continuar seus trabalhos com mangás e investir tempo em projetos como o Museu Ghibli, que celebra as criações de seu estúdio. "Eu posso até mesmo virar uma atração", brinca o veterano da animação. 

 

Confira o trailer de 'Vidas ao vento' (em japonês):

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA