Curta-metragem do cineasta mineiro André Novais de Oliveira é selecionado para participar da Quinzena dos Realizadores

'Pouco mais de um mês' foi produzido pela 'Filmes de Plástico', de Contagem

por Sérgio Rodrigo Reis 24/04/2013 07:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gabriel Martins/Divulgação
Filme do diretor André Novais de Oliveira cria atmosfera de ambiguidade entre a realidade e a ficção (foto: Gabriel Martins/Divulgação)
O cineasta André Novais de Oliveira tinha acabado de conhecer Élida Silpe, os dois iniciavam um relacionamento quando, apaixonados, no quarto dela, no terceiro andar de um prédio no Bairro Jaraguá, em Belo Horizonte, ela chamou a atenção para um fenômeno recorrente. De um pequeno buraco no beclaute da cortina da janela vinha um feixe de luz que, semelhante ao mecanismo de uma máquina de fotografia convencional, refletia a imagem da rua no teto. “Não sou do tipo que acha que tudo daria um filme, mas na hora que vi aquilo, não tive dúvidas.” A cena é o que tem de realidade em 'Pouco mais de um mês', curta da produtora Filmes de Plástico, que acaba de ser escolhido para ser exibido no 66º Festival de Cannes.

O anúncio feito ontem, na França, chega para consolidar a trajetória breve e vitoriosa não só do jovem cineasta de 28 anos, como também da produtora mineira, com sede em Contagem, da qual ele faz parte ao lado dos amigos, o produtor Thiago Macêdo Correia, de 29; Gabriel Martins, de 25; e Maurílio Martins, de 33. “Não sei a receita de nosso sucesso. Talvez seja porque fazemos as coisas de maneira simples e entre amigos. O que nos move é a vontade de fazer”, resume André. O amigo Thiago vai mais longe: “O que é recorrente em nossos filmes é um olhar para um lugar de menos destaque. É olhar para uma realidade da periferia que, para os de fora, pode parecer pequeno, mas fala muito aos que são do lugar. ” O cotidiano daquela realidade é o que o Festival de Cannes exibirá na 45ª Quinzena dos Realizadores, entre os dias 16 e 26 de maio.

O filme 'Pouco mais de um mês' tem roteiro aparentemente simples. André e Élida, namorados, acordam para mais um dia. O sol lá fora ilumina a rua e, por causa de um buraco na cortina, ilumina o quarto do casal. Eles conversam, conversam e conversam. Até que o ônibus vem e leva alguém. Protagonizado pelo próprio diretor e a namorada, o curta é todo baseado no diálogo e na atuação vivida por ambos. Quem o vê pode confundir a situação com a realidade. Os dois garantem que tudo, à exceção do fato de serem um casal e dos cenários reais, não passa de ficção. “As pessoas estão se identificando com o filme porque a situação pode parecer real”, diz ele sobre o roteiro filmado em 35mm, inspirado no início de romance, com suas incertezas, e o aparecimento da paixão, em 23 minutos de duração.

PRODUTORA

Com pouco mais de quatro anos de atividade, a produtora Filmes de Plástico, de Contagem, já começa a mostrar a que veio. Fundada por André Novais de Oliveira, Gabriel Martins e Maurílio Martins, desde o início se especializou na produção de curtas e longas-metragens, de ficção e documentários, videoclipes e vídeos institucionais. A estreia foi com 'Filme de sábado', de Gabriel Martins, lançado no Festival Brasileiro de Cinema Universitário de 2009, onde ganhou o prêmio de Pesquisa de linguagem. Em seguida, realizaram o curta 'Fantasmas', de André Novais de Oliveira, vencedor de mais de 15 prêmios no Brasil e em eventos internacionais.

A trajetória da produtora inclui ainda o curta 'Dona Sônia pediu uma arma para seu vizinho Alcides', de Gabriel Martins), apresentado em vários festivais, como a 3ª Semana dos Realizadores no Rio de Janeiro (premiado com uma menção honrosa do júri), o 34º Festival Internacional de Curtas de Clermont-Ferrand, na França, e o 41º Festival Internacional de Roterdã, na Holanda. Ano passado, o produtor Thiago Macêdo Correia se juntou aos três sócios da Filmes de Plástico e a parceria consolidou a realização do curta 'Pouco mais de um mês'.

A produtora finaliza ainda o documentário 'Sorín', dirigido por Gabriel Martins e Maurilio Martins, sobre o último jogo pelo Cruzeiro, em 2009, do jogador Juan Pablo Sorín; 'Aliança', longa dirigido por Gabriel Martins, João Toledo e Leonardo Amaral, em fase de montagem; além do projeto do longa No coração do mundo, e de um DVD/BluRay contendo todos os filmes lançados pela produtora.

PROJETOS E PRÊMIOS

André Novais de Oliveira é formado em história pela PUC Minas e em cinema pela Escola Livre de Cinema. Dirigiu os curtas 'Uma homenagem a Aluizio Netto', 'Fantasmas', 'Domingo', e co-dirigiu, com mais sete amigos, o longa-metragem 'Estado de sítio'. Seus filmes foram selecionados para mais de 50 festivais de cinema no Brasil e no mundo, ganhando mais de 20 prêmios. Pouco mais de um mês estreou na 16ª Mostra de Cinema de Tiradentes. Atualmente, está em pré-produção o próximo projeto do cineasta, 'Ela volta na quinta', em parceria com Gabriel Martins, Maurílio Martins e Thiago Macêdo Correia, contemplado no edital Filme em Minas.

Filmes de Plástico – Filmografia
> 'Filme de sábado', de Gabriel Martins (curta, 2009)
> 'No final do mundo', de Gabriel Martins (curta, 2009)
> 'Fantasmas', de André Novais de Oliveira (curta, 2010)
> 'Contagem', de Gabriel Martins e Maurilio Martins (curta, 2010)
> 'Pelos de cachorro', de Gabriel Martins e Maurilio Martins (curta, 2010)
> 'Estado de sítio', de Gabriel Martins, Maurilio Martins, André Novais de Oliveira, Samuel Marotta, Leonardo Amaral, João Toledo, Flávio von Sperling e Leo Pyrata (longa, 2011 – coprodução)
> 'Dona Sônia pediu uma arma para seu vizinho Alcides', de Gabriel Martins (curta, 2011)
> 'Domingo', de André Novais de Oliveira (curta, 2011)
> 'Pouco mais de um mês', de André Novais de Oliveira (curta, 2013)
> 'Semana Santa', de Leonardo Amaral e Samuel Marotta (longa, 2013 – coprodução)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA