Documentário 'Irmãos de alma' prova a força do soul em BH

Lançamento do filme de Clarice Libânio será na noite desta quarta-feira, no Sesc Palladium

por Walter Sebastião 20/03/2013 08:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marcelo Sant'Anna/EM/D.A Press-30/5/06
Mestre Tito, Donn Adenauer, Conrad Brown e Lord Tuca formam o grupo The Brother Soul (foto: Marcelo Sant'Anna/EM/D.A Press-30/5/06)
Como Belo Horizonte faz para ter um monte de James Browns? A pergunta, feita em tom de surpresa, foi ouvida pela antropóloga Clarice Libânio ao mostrar a músicos norte-americanos seu documentário sobre os mineiros do grupo The Brother Soul. “Eles criaram algo que não existe em nenhum lugar do mundo”, frisa a pesquisadora. A partir de elementos das performances do Papa do Soul, eles inventaram uma arte singular, o que gerou inclusive várias outras manifestações com o mesmo perfil. O documentário e o livro 'Irmãos de alma', que narram os 30 anos dessa história, serão lançados hoje, às 20h, no Cine Sesc Palladium.

The Brother Soul é formado por Mestre Tito, Conrad Brown, Lord Tuca e Donn Adenauer. O grupo nasceu em concursos de dança promovidos pelo Baile da Saudade. No início eram nove pessoas, “todas acima dos 40 anos”, conta Tito. Uma turma que gostava de black music desde os anos 1970 e se reunia em pequenos clubes, como o Máscara Negra, no Centro de Belo Horizonte. “O pessoal foi casando, virando evangélico, abandonando a dança, e só ficamos nós quatro”, resume Mestre Tito. “Nunca pensamos em parar.”

O quarteto soma mais de 1.000 apresentações pelo Brasil, participação em show de Fernanda Abreu, programa de Regina Casé, projeto Vozes do Morro e aniversário da Cidade de Deus (RJ). O documentário ressalta essa trajetória, deixando um legado para as novas gerações. “Mostramos que a dança pode ser instrumento de transformação. Ela deixa a alma leve, descarrega a raiva, traz prazer profundo”, reforça Mestre Tito, acrescentando que um aspecto importante é que o grupo desenvolve ações sociais.

O livro-DVD de Clarice Libânio é resultado de um ano acompanhando o The Brother Soul. A autora já publicou o 'Guia cultural das vilas e favelas' e já realizou o documentário 'Iracema, mãe sertaneja'. “O filme coloca a questão da visibilidade, com imagem e som, aproximando do sujeito. São linguagens que se complementam, que oferecem mais possibilidade de compreensão, afastando um pouco o subjetivismo e levando as situações para contexto que é muito enriquecedor”, observa Clarice.

IRMÃOS DE ALMA
Lançamento do livro e documentário de Clarice Libânio. Nesta quarta-feira, às 20h, no Cine Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420, Centro). Entrada franca. As senhas devem ser retiradas uma hora antes do evento. Informações: (31) 3279-1500.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA