Cena do filme 'Duro de matar' deixou 132 carros com perda total

Foram utilizados 650 carros no filme

por Luciana Morosini 28/02/2013 14:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Fox Film / Divulgação
Jai Courtney e Bruce Wills em cena do filme (foto: Fox Film / Divulgação)
Todo filme de ação, antes de ser lançado, gera um clima de expectativa entre os apaixonados por carros. É comum modelos superesportivos, daqueles que deixam qualquer um babando, despontarem na telona. No caso de 'Duro de matar: bom dia para morrer', lançado na última semana, o que chama atenção é uma cena de perseguição que dura cerca de 10 minutos. Por um lado, vai agradar aos amantes do mundo das quatro rodas, já que revela carros valentes que encaram qualquer tipo de situação. Por outro, esses mesmos apaixonados ficarão com o coração apertado, depois de presenciar a destruição de tantos veículos, desde modelos mais simples até os de luxo.

Tudo começa quando o policial John McClane, interpretado por Bruce Willis, viaja para Rússia para resgatar seu filho. O rapaz Jack (Jai Courtney) está tentando escapar da prisão e os dois acabam se envolvendo em uma perseguição de parar toda a cidade. O primeiro susto vem com a explosão de três BMW Série 7 numa sequência única. Logo em seguida, o filho assume o volante de uma Sprinter da Mercedes, enquanto Bruce Willis, lá pelas tantas, confisca no trânsito um Mercedes Classe G.

Fox Film / Divulgação
Cena do filme com vários carros destruídos (foto: Fox Film / Divulgação)
A bordo do jipinho, o policial não se acanha em enfrentar um outro modelo da montadora alemã, sendo que um caminhão transformado em um "caveirão", que transporta os vilões. Bruce Willis não mede esforços para proteger o rebento e é capaz de se jogar de uma ponte e passar por cima de uma cegonha e de outros modelos sem piedade, incluindo na extensa lista um Porsche. O Classe G mostra toda sua virilidade e, justo por isso, a Mercedes não fez questão de ceder inúmeras unidades do modelo para a produção do filme.

A destruição em massa vista na telona é real. Tanto que a produção do quinto longa da franquia revelou que foram usados 650 carros no filme e que 132 tiveram perda total. Os demais deram trabalho para serem reparados. Na frota de "Duro de Matar: Bom dia para morrer" também estão os Mercedes Classe C e Maybach 57. Os marmanjos ainda terão um refresco pros olhos: a atriz russa Yuliya Snigir troca o carro pelo comando de uma moto e, quando chega no destino final, saca toda a roupa de couro. Pura adrenalina.

 

Assista ao trailer do filme:

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA