Bruce Willis volta a encarnar policial John McClane em 'Duro de Matar 5'

Novo título da franquia chega aos cinemas de Belo Horizonte nesta sexta-feira, 22

por CorreioWeb 22/02/2013 15:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação / Fox
Ao lado de Jai Cortney, Bruce Willis volta a encarar o policial durão John McClane nas telas de cinema (foto: Divulgação / Fox)
Um operário padrão de Hollywood, John Moore (capaz das refilmagens mambembes de 'A profecia' e 'O voo da Fênix') está na direção da quinta incursão de Bruce Willis na pele do policial John McClane, que ele personifica desde 1988.

 

Mesmo com título ilógico ('Duro de matar: Um bom dia para morrer'), há um fiapo de racionalidade na fita: caçar níqueis de quem ainda pague para ver um enredo exaurido e a serviço de, literalmente, ter a tela saturada de fogo. Com tanto carro empilhado, quebrado e capotamentos, por pouco o filme não assume caráter de 'Transformers'.

A escalada de poder, na trama, se dá mediante a disputa por um dossiê. Mas a verdade é que o plano central se forma na briga (e na tentativa de aproximação) entre o pai McClane (Willis) e o filho Jack (Jai Cortney, de 'Jack Reacher'), há anos distanciados. O rapazote se infiltrou na CIA, enquanto o veterano policial seguiu no encalço de terroristas e de caçadas por Los Angeles e Nova York, em locais como aeroportos ou em meio a datas festivas como o Natal.

 

Assista ao trailer de 'Duro de matar: Um bom dia para morrer':

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA