Mais jovem indicada ao Oscar de Melhor Atriz mentiu idade nos testes de 'Sonhadora indomável'

Quvenzhane Wallis, de 9 anos, tinha apenas 5 quando fez audições para o longa

por AFP 19/02/2013 11:43

Fox Searchlight/Divulgação
"Era para meninas entre 6 e 9 anos de idade e meu pai me disse que eu não podia ir porque só tinha 5", relembra a jovem atriz sobre o teste de elenco (foto: Fox Searchlight/Divulgação)
Ela conseguiu o papel mentindo sobre sua idade: Quvenzhane Wallis tinha 5 anos, mas a produção do filme 'Indomável Sonhadora' só estava fazendo testes com meninas de pelo menos seis. Sem desconfiarem, deixaram que ela fizesse o teste e ficaram impressionados com sua atuação, o que lhe valeu o papel de protagonista dessa produção independente de baixo custo. Ela simplesmente desbancou outras 4.000 candidatas.

 

No próximo domingo, 24 de fevereiro, quando acontece a 85ª edição do Oscar, Quvenzhane Wallis pode se tornar a mais jovem ganhadora do prêmio de melhor atriz concedido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográfocas, o troféu mais ambicionado do cinema.

"Estava muito claro... não se encontra meninas de 6 anos que tenham esse talento", disse o diretor do filme, Benh Zeitlin. "Ela tinha esse carisma natural, concentração, força, sabedoria e moralidade", explicou. "Vindo de um corpo tão pequeno e de uma cabeça tão jovem, é quase fora do normal de uma maneira que vai diretamente ao seu coração... é a perspectiva dela dá o tom de verdade ao filme", completou o diretor.

Esse carisma ficou óbvio ao se ver Wallis dando entrevistas para promover o filme durante estes últimos meses, mesmo antes de ser alçada à fama com a indicação ao Oscar em janeiro. "Ainda estava dormindo no meu quarto", contou Wallis ao famoso apresentador Jay Leno, ao ser perguntada sobre como ficou sabendo que tinha sido indicada junto a nomes de peso como Jessica Chastain, Jennifer Lawrence, Naomi Watts e Emmanuelle Riva, francesa de 85 anos que é a mais velha atriz a concorrer ao prêmio.

"Ainda que não tenha demonstrado, estava dando cambalhotas e coisas do tipo por dentro", afirmou a jovem atriz ao apresentador, a quem repreendeu, graciosamente, por fazer a ela uma pergunta mais apropriada ao diretor. No filme, Wallis dá vida a Hushpuppy, uma menina que vive nos pântanos de Louisiana com seu pai irascível e doente, Wink, em uma comunidade ameaçada pelas inundações provocadas pelo derretimento das calotas polares.

'Indomável sonhadora' ganhou o prestigioso Caméra D'Or no último Festival de Cannes, na França, e o Prêmio do Júri de melhor drama no Festival de Sundance. Além disso, a locação da filmagem fica perto da casa de Wallis: a atriz, cujo nome se pronuncia Qua-ven-zhah-nay, nasceu em Houma, no estado da Louisiana, em 28 de agosto de 2003. O "zhane" no final de seu nome significa "nada" em swahili.

'Indomável sonhadora' é o primeiro trabalho da menina como atriz, e ela só conseguiu o papel por ter ignorado as regras do teste de elenco. Uma decisão que muito bem poderia ter sido tomada pela personagem que iria interpretar. "Era para meninas entre 6 e 9 anos de idade e meu pai me disse que eu não podia ir porque só tinha 5. Mas finalmente fomos e agimos como se não tivéssemos nada a esconder", lembra a menina. "A personagem de Hushpuppy faz o que dá na telha e não tem medo de nada e foi isso o que fiz no teste", disse Willis.

 

Quvenzhane é a mais jovem atriz a concorrer ao prêmio de melhor atriz no Oscar. A segunda mais jovem, Keisha Castle-Hughes, tinha 13 anos quando foi indicada, em 2003, pelo filme 'A encantadora de baleias'. A terceira, Jennifer Lawrence, no páreo novamente este ano, concorreu a uma estatueta aos 20 anos pelo filme 'Inverno da alma', em 2010.

Por enquanto, a mais jovem ganhadora da história do Oscar de melhor atriz é Marlee Matlin, que aos 21 anos levou o prêmio por 'Filhos do silêncio', em 1986. A pessoa mais jovem a ganhar o prêmio em qualquer categoria foi Tatum O'Neal, que tinha apenas 10 anos quando conquistou a estatueta de melhor atriz coadjuvante em 1973.

Wallis já está fazendo seu terceiro filme, 'Twelve years a slave', com Brad Pitt, Benedict Cumberbatch e Michael Fassbender, e que tem estreia prevista para setembro. Além disso, atuou em 'Boneshaker', curta-metragem sobre uma família africana perdida nos Estados Unidos.

Ganhando ou não o Oscar - as mais cotadas para a estatueta são Chastain e Lawrence -, a jovem atriz já é um novo talento a se levar em conta e observar de perto nos próximos anos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA