Velhice é abordada com delicadeza no longa chileno 'Gloria'

Protagonista divorciada e em busca de relacionamento atrai atenções no Festival de Berlim

13/02/2013 09:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sebastián Lelio/Divulgação
Paulina Garcia estrela obra que fez sucesso na Berlinale (foto: Sebastián Lelio/Divulgação)
Depois dos longas 'E se vivêssemos todos juntos' e 'Amor', é a vez de mais um filme sobre a velhice fazer sucesso. O longa 'Gloria', do chileno Sebastián Lelio, única obra hispânica selecionada para o concurso oficial do 63º Festival Internacional de Cinema de Berlim, foi ovacionado durante exibição na Berlinale e se tornou o favorito entre os nove candidatos ao Urso de Ouro.

A coprodução chileno-espanhola conta a história de uma mulher madura, interpretada pela chilena Paulina García, que encara o desafio da velhice. Também em destaque no filme o ator chileno Sergio Hernández. A obra de Sebastián Lelio já havia ganhado em setembro o Prêmio Cine em Construção do Festival Internacional de Cine de San Sebastián. Lelio ficou conhecido por seus filmes 'A sagrada família', 'Natal' e 'O ano do tigre'.

Gloria é uma mulher ativa, cheia de vida, dinâmica, que, aos 58 anos, divorciada há 13, busca carinho e amor em soirées dançantes. Encontra Rodolfo, de 65, recém-divorciado, com quem deseja ter um relacionamento durável. O diretor conta ter se inspirado em sua vida, em Santiago, no Chile, e em casos contados por amigos.

Sebastián Lelio disse em entrevistas que, "hoje, quando homens e mulheres chegam aos 60 anos não seguem as mesmas referências do passado. Não querem ficar em casa. Para eles, trata-se de uma nova fase da vida, na qual querem também se divertir e viver”. O sucesso que o filme vem fazendo ele atribui ao fato de hoje existirem “muitas Glorias divertidas e alegres, capazes de superar os dissabores que surgem". Segundo o diretor, apesar de envolver pessoas maduras, o filme atrai público eclético, de todas as idades.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA