Cidades do interior assistem à própria história na tela de cinema itinerante

Programa Na tela do cinema exibe documentários que retratam os municípios visitados

24/01/2013 09:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Maria Ribeiro/Divulgação
Depoimentos de moradores traçam perfis das cidades que recebem as projeções gratuitas (foto: Maria Ribeiro/Divulgação)
Promover o acesso ao cinema. É com esse objetivo que o projeto Na tela do cinema começa mais uma etapa, levando exibições de filmes a cidades mineiras que não têm salas de projeção. O projeto, que tem início nesta sexta-feira, 25, vai percorrer oito localidades ao longo de duas semanas (Salto da Divisa, Santa Maria do Salto, Santo Antônio do Jacinto, Rubim, Rio do Prado, Felisburgo, Guaranilândia – distrito de Jequitinhonha – e Itinga).

Mas, muito mais que espectador, o público dessas cidades se torna protagonista durante as sessões. Para cada local é preparado um documentário retratando sua história, cultura e personagens. A narrativa é feita a partir dos depoimentos dos próprios moradores, que relatam a sua experiência com a cidade.

Além do documentário, haverá a exibição da animação 'Rio', de Carlos Saldanha. E, para a programação ficar completa, tem distribuição de pipoca. Todas as sessões são realizadas em locais públicos, incentivando a participação da população.

De acordo com Inácio Neves, idealizador e coordenador do projeto, o Na tela do cinema pretende difundir a linguagem cinematográfica e desvendar os mistérios do cinema para populações carentes de informação, cultura e lazer de qualidade. “Nosso objetivo é democratizar o acesso ao cinema e formar novos públicos”, conclui.

O Na tela do cinema é realizado pela Muito Mais Promoções, com patrocínio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, e conta com o apoio das prefeituras locais.

Confira a programação: sexta-feira, 25 de janeiro, às 20h, no Centro Cultural, na Orla, em Salto da Divisa; sábado, 26, na Praça Aureliana Mota Santos, em Santa Maria do Salto; domingo, 27, às 19h, na Praça de Eventos, em Santo Antônio do Jacinto; dia 30, às 20h, na Praça Ubirajara Coelho, em Rubim; dia 31, às 20h, na Praça Hugolino Souto, em Rio do Prado; dia 1º de fevereiro, às 20h, na Praça Del Rey, em Felisburgo; dia 2, às 20h, na Praça da Igreja, em Guaranilândia, distrito de Jequitinhonha; e, para finalizar, dia 3, às 20h, na Praça Hermelino Gusmão, em Itinga.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA