Hugh Jackman vai de Wolverine a Jean Valjean

30/12/2012 11:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Carlo Allegri/Reuters
(foto: Carlo Allegri/Reuters)
Ele fez sucesso na pele de Wolverine na série de filmes X-Men. Agora, o ator australiano Hugh Jackman, de 44 anos, está causando burburinho por interpretar Jean Valjean em Os miseráveis, adaptação do musical feita pelo diretor britânico Tom Hooper. O ator garante que esse foi o maior desafio que já teve. “Assim que consegui o papel, admito que houve momentos em que pensei: ‘Talvez tenha pegado um pedaço um pouco maior do que posso mastigar’, porque é um trabalho muito difícil, em todos os sentidos: fisicamente, verbalmente, emocionalmente."

Jackman diz que não esperava passar pela trajetória de filmes de ação e musicais, em princípio “estranhos” para ele. “Era formado em teatro.... Então, havia muito tempo que queria unir as duas coisas. Esperei a coisa certa e, quando isso ocorreu, era como dizer: ‘Nem precisava pensar duas vezes sobre isso". Sinto-me como se todas as estrelas tivessem se alinhado, e graças a Deus demorou 27 anos para isso ocorrer."

Para convencer Tom Hooper a ganhar o papel, Jackman conta ter mostrado que é possível fazer com que as falas cantadas pareçam naturais. “Sei que ele estava cético em relação a isso, e que estava nervoso, com razão, quanto à possibilidade de um musical realmente tocar as pessoas e levar os não aficionados por musicais a se envolverem, se sentir em casa com a forma cantada, porque é certo que isso é altamente antinatural, não é?... Sabia que precisava convencê-lo de que a emoção e a história, os pensamentos do personagem poderiam parecer naturais.”

Conhecido como um dos astros mais sinceros de Hollywood, Hugh Jackman confessa que seu modelo sempre foi seu pai. “Ele é muito tranquilo, é mais humilde do que eu. Se eu pensar sobre isso, há muitas qualidades de Jean Valjean em meu pai. Ele nunca disse uma palavra ruim sobre ninguém, ele é um homem religioso, no sentido mais tradicional, e ainda assim nunca fala sobre isso. Ele é um homem de ação.”

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA