Clássico de Alfred Hitchcock será disponibilizado na internet

por Estado de Minas 17/11/2012 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fundação Nacional de Preservação de Filmes/reprodução
The white shadows é um dos primeiros filmes de Alfred Hitchcock (foto: Fundação Nacional de Preservação de Filmes/reprodução )

O filme mais antigo no qual Alfred Hitchcock recebe créditos chega à internet, depois de ficar escondido durante décadas sob o nariz dos arquivistas.

Trechos recuperados de The white shadow (1924), que teve   como assistente de direção, de acordo com os créditos finais, será disponibilizado de graça no site da Fundação Nacional de Preservação de Filmes, grupo sem fins lucrativos da Nova Zelândia.

Fiasco financeiro, o melodrama britânico foi dirigido por Graham Cutts. Conta a história de gêmeas – uma angelical e a outra malvada –, com a atriz Betty Compson nos dois papéis.

O Arquivo de Cinema da Nova Zelândia localizou três dos delicados rolos de nitrato da fita muda, que estavam guardados em sua coleção. Não se sabe da existência de outras cópias. A fundação informou que pôde disponibilizar a transmissão na rede graças a doações por parte do projeto de filmes on-line Fandor.

Alçado à fama internacional com O homem que sabia demais (1934) e Os 39 degraus (1935), Hitchcock ganhou créditos como roteirista, diretor de arte e editor de The white shadow
Trata-se da primeira produção que restou na qual o famoso cineasta, na época com 24 anos, trabalha com Alma Reville, com quem se casou em 1926.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA