Fenômeno Crepúsculo chega ao fim e "liberta" Kristen Stewart e Robert Pattinson

Amanhecer - Parte 2 estreia dia 16 de novembro nos EUA e na semana seguinte no Brasil

por AFP 12/11/2012 08:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Robert Pattinson e Kristen Stewart em cena de Amanhecer - Parte 2 (foto: Divulgação)
Os vampiros, lobisomens e mortais de Crepúsculo, a saga que fez uma geração de adolescentes delirar, chega ao fim com o lançamento esta semana de sua última obra, uma forma de "libertação" para seus protagonistas, Kristen Stewart e Robert Pattinson. Fenômeno literário e cinematográfico que segue a tradição de Harry Potter, Crepúsculo (Twilight) e seus quatro primeiros filmes renderam uma fortuna para o estudo Summit Entertainment, que acumulou mais de 2,4 bilhões de dólares em todo o mundo desde o lançamento do primeiro filme em 2008. O quinto filme, segundo capítulo de Crepúsculo: Amanhecer, estreia dia 16 de novembro na América do Norte e no próximo fim de semana na América Latina e Espanha. Contudo, pelo menos 2000 fãs, basicamente crianças e adolescentes, não aguentam a ansiedade e desde o quinta-feira instalaram suas barracas diante do cinema em Los Angeles onde será realizada a estreia mundial do filme, na segunda-feira à noite, com a esperança de ver as estrelas no tapete vermelho. "Estou muito feliz de que a história tenha terminado, não faz ideia. O fato de que isso é agora algo que está fora de nós, que já não é um peso para nós, realmente me encanta", disse Kristen Stewart, a Bella do filme, em um coletiva de imprensa em Beverly Hills. "É triste, mas é o normal. As coisas têm que mudar", disse a atriz de 22 anos, que ampliou seus horizontes este ano com Branca de neve e o Caçador e Na Estrada, baseado no clássico romance de Jack Kerouac. O britânico Robert Pattinson, de 26 anos, namorado de Stewart nas telas e na vida real - depois de uma separação de vários meses após um affair público entre a jovem e o diretor de Branca de neve- , disse que precisará de "dez anos" para se adaptar à ideia de que seu papel como Edward Cullen "se instale em (seu) cérebro". No quinto filme, a ex-humana Bella descobre sua nova condição de vampiro imortal e deve defender sua filha Renesmee dos Volturi, a elite dos vampiros, convencidos de a menina é um perigo para sua comunidade. "O episódio anterior era mais romântico e íntimo, enquanto que este é mais épico", disse à AFP o diretor do filme, Bill Condon. Para o cineasta, a grande incógnita é como o público reagirá à transformação de Bella. "Este filme é a história de Bella", disse. "Kristen Stewart foi a humana que nos acompanhou desde o princípio. Agora temos uma história em que não há um guia humano". Há apenas vampiros, as expressões e a linguagem corporal são muito limitadas. "Esse foi o maior desafio de toda a saga", admitiu o diretor. "Eles não respiram, não se alteram, não choram (...) Tiramos dos atores uma grande quantidade de ferramentas, até os olhos, porque todos usam lentes". Contudo Bill Condon está confiante na força do personagem de Bella e a fascinação que exerce no público. "Acredito que o segredo do êxito deste filmes é que tem uma mulher no centro e que a história é contada de seu ponto de vista", disse. "Não há muitos filmes que gerem tanto apetite entre o público, especialmente feminino". Assim, provavelmente, não será uma coincidência se o fenômeno destinado a ganhar o destaque de Crepúsculo é Jogos Vorazes, cuja protagonista também é uma jovem de caráter forte, interpretada por Jennifer Lawrence. Também produzida pelo Lionsgate-Summit, o primeiro filme da trilogia estreou em março deste ano e arrecadou 645 milhões de dólares nas bilheterias de todo o mundo. A segunda parte será lançada em novembro de 2013.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA