Projeto de diretor carioca vence disputa para financiamento na CineBH

Domingo, de Fellipe Gamarano Barbosa, foi eleito pelo júri para receber incentivo

25/10/2012 09:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Leo Lara/Universo Produção
Fernanda De Capua recebe o troféu do filme Domingo (foto: Leo Lara/Universo Produção)
O projeto vencedor do 3º  Brasil CineMundi, evento da 6ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, foi o filme Domingo, de Fellipe Gamarano Barbosa, diretor carioca de Beijo de sal (2006) e Laura (2011). O vencedor, premiado na noite de quarta-feira, 24, em BH, terá direito a material e serviços audiovisuais oferecidos pelas empresas parceiras (CiaRio, Cinecolor Digital, CTAv, Labocine e Teleimage) com o objetivo de viabilizar a execução do projeto em questão.

 

“Optamos pelo projeto que melhor nos apresentou sua consistência de dramaturgia, plano de produção e proposta de direção, com um filme que pretende refletir de maneira crítica e cinematograficamente criativa sobre as relações da elite brasileira com as mudanças culturais e econômicas que o Brasil passou na última década”, justificou o júri ao entregar o prêmio.

Composto pelo cineasta Felipe Bragança e pelos produtores Luis Urbano (Portugal) e Diana Bustamente (Colômbia), o juri avaliou 10 projetos, selecionados entre mais de 50 inscritos, para os encontros profissionais com os convidados internacionais do evento. “Os convidados escolhidos este ano têm um preparo muito grande, o que nos deu segurança para a troca de informações e ideias. Até então, este foi o primeiro contato do projeto com o mundo exterior. Assim, temos uma ideia de como nossa proposta de cinema será recebida por pessoas de diferentes países”, explicou Juliano Dornelles, cineasta pernambucano que participou com o projeto Bacurau.

Foram concedidas menções honrosas aos projetos Piedade, de Claudio Assis, e Bacurau, de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho. Na última edição, o escolhido foi Éden, de Bruno Safadi, que estreou recentemente no Festival do Rio – de onde saiu com o prêmio de melhor atriz para Leandra Leal – e acaba de ser exibido na programação da Mostra CineBH.

“Os projetos apresentados nesta edição mostraram propostas estéticas diversas e olhares heterogêneos de distintas regiões do Brasil, mas todas tinham em comum ideias inovadoras quanto a formas cinematográficas e aos desenhos de produção e prometem muito talento na sua realização. A aposta do CineMundi neste novo cinema é alentadora e abre a expectativa de um olhar internacional mais conectado com o cenário brasileiro”, avaliou a produtora argentina Constanza Sanz, que participou dos encontros.

O 3º Brasil CineMundi, encontro internacional de coprodução da Mostra CineBH, manteve o sucesso de suas últimas edições, proporcionando mais de 120 encontros oficiais entre produtores e realizadores brasileiros e convidados internacionais. Foram 34 profissionais envolvidos, sendo 21 brasileiros e 13 internacionais, representando 12 países diferentes. O evento terá repescagem até quinta-feira, 1º, no Cine Belas Artes, com melhores filmes da programação Brasil CineMundi.

Na rede

Acompanhe a 6ª Mostra CineBH e o 3º Brasil CineMundi: www.cinebh.com.br; @universoprod (Twitter) e www.facebook.com/UniversoProdução.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA